Cotidiano

Inmet emite alerta de tempestade com possibilidade de rajadas de vento em quase todo MS

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu, na tarde desta quarta-feira (24), um alerta para possibilidade de temporal, de nível amarelo, que pode atingiu quase todos os municípios de Mato Grosso do Sul. Conforme o alerta, que tem duração de hoje até a quinta-feira (25), tempestade pode atingir as cidade de Amambai, Bandeirantes, Aquidauana, Alcinópolis, […]

Karina Campos Publicado em 24/02/2021, às 17h44

Temporal deve atingir várias regiões na cidade nesta quarta e quinta-feira (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)
Temporal deve atingir várias regiões na cidade nesta quarta e quinta-feira (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax) - Temporal deve atingir várias regiões na cidade nesta quarta e quinta-feira (Foto: Marcos Ermínio, Midiamax)

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu, na tarde desta quarta-feira (24), um alerta para possibilidade de temporal, de nível amarelo, que pode atingiu quase todos os municípios de Mato Grosso do Sul.

Conforme o alerta, que tem duração de hoje até a quinta-feira (25), tempestade pode atingir as cidade de Amambai, Bandeirantes, Aquidauana, Alcinópolis, Anastácio, Anaurilândia, Bela Vista, Angélica, Antônio João, Bonito, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Batayporã, Caarapó, Campo Grande, Corguinho, Camapuã, Coronel Sapucaia, Coxim, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Dourados, Figueirão, Eldorado, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Iguatemi, Inocência, Itaquiraí e Japorã.

O aviso também alerta para possíveis chuvas de 20 a 50 milímetros, acompanhadas de rajadas de vento de até 60 km/h.

Inmet emite alerta de tempestade com possibilidade de rajadas de vento em quase todo MS
Aviso do Inmet. (Foto: Reprodução)

A orientação é abrigar debaixo de árvores, pois há leve risco de queda e descargas elétricas; não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda; evitar usar aparelhos eletrônicos ligados à tomada; e em caso de ajuda, ligar para a Defesa Civil no 199 e para o Corpo de Bombeiros no telefone 193.

Jornal Midiamax