Cotidiano

Olha o golpe: Corrente divulga vacinação contra covid em farmácias por R$ 379 em MS

Uma mensagem tem circulado nos grupos de redes sociais com um suposto agendamento da vacinação particular contra o coronavírus em Mato Grosso do Sul. As doses seriam vendidas por até R$ 379. Vale ressaltar que a vacinação particular ainda não foi liberada no Brasil e só recebem as doses os grupos estabelecidos no PNI (Plano […]

Mylena Rocha Publicado em 31/03/2021, às 08h37 - Atualizado às 17h27

Vacinação contra Covid-19. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)
Vacinação contra Covid-19. (Foto: Leonardo de França, Midiamax) - Vacinação contra Covid-19. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Uma mensagem tem circulado nos grupos de redes sociais com um suposto agendamento da vacinação particular contra o coronavírus em Mato Grosso do Sul. As doses seriam vendidas por até R$ 379. Vale ressaltar que a vacinação particular ainda não foi liberada no Brasil e só recebem as doses os grupos estabelecidos no PNI (Plano Nacional de Imunização), como idosos e profissionais da saúde. 

Na mensagem que circula nas redes sociais, o aviso é de que a imunização deve ser agendada e que haveria somente 20 vagas por dia na rede de farmácias Droga Raia. Conforme a mensagem, a vacina Coronavac seria vendida por R$ 225, a vacina da Pfizer por R$ 295 e a da Janssen sairia mais cara por ser dose única, por R$ 379,50. 

De fato, as farmácias da rede Droga Raia realizam a vacinação contra a Covid-19 em alguns locais do país, mas isso acontece como apoio às prefeituras municipais. No próprio site da rede, a informação é de que as vacinas não têm custo e são aplicadas de acordo com o PNI. “Estamos apoiando as Prefeituras na campanha de vacinação do Governo Federal, portanto nenhum valor será cobrado nem da prefeitura, nem dos pacientes que irão tomar as vacinas”.

Em nota, a rede Droga Raia ressalta que não comercializa vacinas contra covid-19 e que investiga o caso. “As mensagens que estão circulando sobre a comercialização do imunizante são falsas e a empresa já está investigando o caso para tomar as medidas cabíveis. A rede firmou recentemente parcerias com as prefeituras de São Paulo (SP), Porto Alegre (RS), Americana (SP) e Cabedelo (PB) para apoiar o poder público na vacinação, de maneira totalmente gratuita, tanto para a prefeitura quanto para as pessoas que serão vacinadas, e dentro do Programa Nacional de Imunização. Uma ampliação da parceria para outras localidades é possível, a depender da demanda das prefeituras”.

Olha o golpe: Corrente divulga vacinação contra covid em farmácias por R$ 379 em MS
(Foto: Reprodução/WhatsApp)
Jornal Midiamax