Cotidiano

Equipes iniciam obras que irão eliminar pontos de alagamento no bairro Nova Bandeirantes

Trânsito será interditado quadra a quadra

Mylena Rocha Publicado em 08/04/2021, às 10h16

None
Divulgação/Sisep

Equipes de obras iniciaram a implantação de 1 km de drenagem que  vai eliminar pontos de alagamentos nas ruas Brilhante e Marechal Floriano no bairro Nova Bandeirantes, em Campo Grande. Enquanto durarem as obras, o trânsito será interditado.

Conforme informações da Prefeitura, a tubulação se estenderá pela Rua Salim Maluf,  desde a Bandeirantes, atravessará a Brilhante, terá um ramal na Marechal Floriano e terminará depois da Avenida Joaquim Dornelas. A drenagem foi inserida no projeto de recapeamento da Avenida Bandeirantes, corredor sudoeste do transporte coletivo, ligação do Terminal Bandeirantes com o centro da cidade. Será investido o saldo do contrato de recapeamento (R$ 1 milhão) da Bandeirantes, com o aval da Caixa Econômica Federal, agente do projeto de mobilidade urbana.

Segundo o secretário Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, a  drenagem (com tubos de 80 centímetros de diâmetro), além de bocas de lobo, vai captar a enxurrada que desce pela Rua Salim Maluf, desde a Avenida Tiradentes para desaguar nas galerias da Bandeirantes .

A drenagem vai eliminar um ponto de alagamento que surgiu na Brilhante (perto de uma seringueira), na quadra entre as ruas Salim Maluf e Vicente Solaris . O problema apareceu (mesmo com a drenagem e bocas de lobo ) desde o recapeamento da via  que, junto com a Guia Lopes e a Avenida Marechal Deodoro (está recebendo  pavimento novo), formam o trecho centro/bairro do corredor sudoeste, ligação com os terminais Bandeirantes e Aero Rancho.

“Com o recapeamento da Brilhante, a pista ficou aproximadamente 10 centímetros mais alta. Assim, a enxurrada que antes descia pela Salim Maluf acaba acumulando no trecho onde a topografia forma uma espécie de bacia”, explica o superintendente de Obras da Sisep, Francisco Martinez. Enquanto durarem as obras, o trânsito será interditado quadra a quadra, na medida que o serviço avança.

(informações da Sisep)

Jornal Midiamax