Cotidiano

Equipes da ala Covid do Hospital da Vida passam por treinamento em Dourados

Enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas passaram por treinamento na última sexta-feira (26), no Hospital da Vida, para atendimento em leitos de UTI  (Unidade de Terapia Intensiva). A capacitação contou com o apoio de trabalhadores do HU-UFGD (Hospital Universitário da Grande Dourados). Para compor novas equipes, foram convocados profissionais aprovados em um proces...

Marcos Morandi Publicado em 30/03/2021, às 08h53

Profissionais do HU-UFGD ajudam no treinamento. (Foto: Marcos Silva)
Profissionais do HU-UFGD ajudam no treinamento. (Foto: Marcos Silva) - Profissionais do HU-UFGD ajudam no treinamento. (Foto: Marcos Silva)

Enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas passaram por treinamento na última sexta-feira (26), no Hospital da Vida, para atendimento em leitos de UTI  (Unidade de Terapia Intensiva). A capacitação contou com o apoio de trabalhadores do HU-UFGD (Hospital Universitário da Grande Dourados).

Para compor novas equipes, foram convocados profissionais aprovados em um processo seletivo. A ala COVID conta com 10 leitos de UTI e 20 leitos de enfermaria. A supervisora de assistência à Saúde, Terezinha Machado, é a responsável pela coordenação do treinamento.

A iniciativa para o treinamento foi firmada entre as equipes do Hospital da Vida e Hospital Universitário, que definiram um esquema de treinamento as equipes. No total, dois profissionais do HU foram encaminhados para realizar esse treinamento.

O Hospital da Vida conta com quatro equipes que fazem o revezamento e a supervisão dos leitos. Cada equipe é composta por um médico supervisor, dois enfermeiros, um fisioterapeuta e cinco técnicos de enfermagem.

“Desde o dia que retomamos os atendimentos, temos enfrentado este momento de agravamento de casos da pandemia. Nós recebemos os pacientes encaminhados através do sistema de regulação de leitos e a demanda ainda é grande. Cada dia uma equipe realiza o treinamento, a iniciativa é para dar celeridade ao serviço que já vem sendo realizado com qualidade”, explica Terezinha.

O coordenador da UTI COVID, João Angelo Oselame Hoffmann, ressalta que a integração com a nova equipe traz folego aos profissionais que trabalham há mais de um ano na linha de frente do enfrentamento a pandemia. “Essas equipes vêm para somar no enfrentamento a pandemia. Nós temos profissionais trabalhando há mais de um ano de forma incansável e essa troca de conhecimentos é algo importante para as novas equipes”, afirma.

Jornal Midiamax