Cotidiano

Corumbá, Puerto Suárez e Puerto Quijarro vão discutir ações contra o coronavírus

Agenda deve ocorrer na próxima semana; Governo da Bolívia decretou fechamento da fronteira para conter circulação da Covid-19

Humberto Marques Publicado em 07/04/2021, às 19h01

Reunião tratou de encontro com autoridades de Saúde bolivianas na próxima semana
Reunião tratou de encontro com autoridades de Saúde bolivianas na próxima semana - Renê Márcio Carneiro/PMC

Na manhã desta quarta-feira (7), o prefeito Marcelo Iunes (PSDB), de Corumbá –a 419 km de Campo Grande– se reuniu com o cônsul da Bolívia em Mato Grosso do Sul, Simons Willian Durán Blacutt, para acertar detalhes de uma agenda na próxima semana com autoridades de Saúde do município e das cidades bolivianas de Puerto Suárez e Puerto Quijarro. Em pauta, as ações contra o novo coronavírus na região.

A situação da Covid-19 na fronteira entre os dois países levou o Governo da Bolívia a proibir o trânsito na região, com medo de que novas cepas em circulação no Brasil se espalhassem pelo país vizinho. A fronteira foi fechada em diferentes ocasiões, a última delas na semana passada.

Iunes avaliou que o trabalho de imunização feito em Corumbá e nas cidades bolivianas da fronteira é eficaz.

“Todos os pacientes suspeitos da variante do novo coronavírus, apontados em Corumbá, deram negativo. Houve a situação do paciente que veio de Manaus, mais foi adequadamente tratado. É importante que os irmãos bolivianos se tranquilizem que não há a variante em Corumbá. Temos uma amizade histórica com os bolivianos e que as autoridades do país avaliem com carinho a situação do trânsito na fronteira da Bolívia, uma vez que a vacinação está bastante acelerada em Puerto Quijarro e Puerto Suárez”, disse o prefeito corumbaense.

Até terça-feira (6), Corumbá aplicou 18.165 doses das vacinas contra a Covid-19 (entre 1ª e 2ª doses).

“Definimos uma reunião conjunta para que nossas equipes de Puerto Suárez e Puerto Quijarro, Corumbá e Ladário possam iniciar uma estratégia de combate ao Covid-19. O prefeito Marcelo Iunes se dispôs a constituir uma ação diplomática para uma reunião bilateral para discutirmos seguridade médica”, destacou autoridade consular.

Também participaram da agenda o secretário Municipal de Saúde de Corumbá, Rogério Leite, o assessor especial Élbio dos Santos Mendonça e a agente consular Jackeline Montaño.

Jornal Midiamax