Cotidiano

Corumbá afirma que já vacinou 100% de moradores diagnosticados lúpus e câncer

A prefeitura de Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande, informou, nesta segunda-feira (29), que já imunizou contra a Covid-19 todos os moradores, cadastrados na rede de saúde, que possuem doenças autoimunes e crônicas como que fazem tratamentos oncológico, hemodiálise e lúpus. Os pacientes receberem a dose no respectivo local de tratamento, equipes do núcleo […]

Karina Campos Publicado em 29/03/2021, às 10h54

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Corumbá)
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Corumbá) - (Foto: Divulgação/Prefeitura de Corumbá)

A prefeitura de Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande, informou, nesta segunda-feira (29), que já imunizou contra a Covid-19 todos os moradores, cadastrados na rede de saúde, que possuem doenças autoimunes e crônicas como que fazem tratamentos oncológico, hemodiálise e lúpus.

Os pacientes receberem a dose no respectivo local de tratamento, equipes do núcleo de imunização vacinaram 140 renais crônicos e os 153 pacientes que estão em tratamento oncológico, na Unacon da cidade.

A ampliação na imunização foi ampliada pelo Plano Nacional de Vacinação, do Ministério da Saúde. “Estas pessoas possuem maior risco de ter seu quadro de saúde agravado em decorrência da Covid, conforme o recebimento vamos ampliar os públicos”, disse o secretário Municipal de Saúde, Rogério Leite.

O município recebeu 14.542 doses, e aplicou 14mil, sendo que 3.679 pessoas já receberam as duas doses necessárias, de acordo com o vacinômetro. Todos os moradores do novo público-alvo devem fazer um cadastro prévio para receber a vacina, pelo vacina.corumba.ms.gov.br/coronavirus

A segunda dose da Coronavac deve ser no intervalo de 2 a 4 semanas; já a Covishild de 8 a 12 semanas. Quem estiver no período de tomar a D2 (segunda dose) poderá ir ao Drive no final de semana ou no Centro de Saúde da Ladeira de segunda à sexta.

Jornal Midiamax