Cotidiano

Comércios de grande porte terão fiscalização diária para barrar aglomerações

Procon e órgãos fiscalizadores intensificam trabalho após aumento de denúncias

Renan Nucci Publicado em 07/04/2021, às 15h38

Autoridades do Procon e da Guarda Municipal durante reunião que definiu ações
Autoridades do Procon e da Guarda Municipal durante reunião que definiu ações - Assessoria

Comércios de grande porte de Campo Grande vão receber fiscalização diária após aumento nas denúncias de aglomerações nos estabelecimentos, o que oferece risco de contaminação durante a pandemia do coronavírus (Covid-19).

Nesta quarta-feira (07), o secretário municipal de Segurança Pública Valério Azambuja esteve reunido com Cleiton Thiago, subsecretário do Procon, órgão de defesa do consumidor, para definir como será feito o trabalho.

O acordo é de que a atuação do Procon será incorporada às demais pastas, para atuação em conjunto com a Guarda Civil Metropolitana, Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Agetran (Agência Municipal de Trânsito) e Vigilância Sanitária.

Ficou determinado que além da rotina diária, o Procon reforçará as fiscalizações de quinta-feira a domingo, nos períodos, matutino, vespertino e noturno, com a finalidade de intensificar as ações para o cumprimento das diretrizes de Biossegurança, conforme Decreto Estadual vigente.

Jornal Midiamax