Comboio receberá doses da CoronaVac na Base Aérea e as levará para Rede de Frio

Doses da vacina contra o coronavírus destinadas a Mato Grosso do Sul chegam na tarde desta segunda-feira a Campo Grande

A Base Aérea de Campo Grande já abriga todo um processo logístico para o transporte das doses da enviadas pelo Ministério da Saúde a . A expectativa é de que a aeronave que transporta as vacinas chegue à Capital após duas horas e meia –em condições favoráveis– de um voo que partiu de Florianópolis (SC).

Assim que o avião chegar à Base Aérea, um comboio de caminhões refrigerados e batedores vão encostar pare retirar as vacinas. Segundo a assessoria da Base Aérea de Campo Grande, um procedimento burocrático e de avaliação da encomenda será feito no local.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, devem recepcionar as vacinas nos portões da Base Aérea, de onde o comboio seguirá para a sede da Rede de Frio, no Parque dos Poderes –onde as doses serão armazenadas e, de lá, encaminhadas para os municípios.

Inicialmente, estima-se que 158.760 doses da sejam entregues a . O número, porém, é controverso: dentro do planejamento do Ministério da Saúde, deste total, 97 mil doses seriam destinadas à população indígena, restando assim 61.760 para a população em geral –incluindo aí profissionais de Saúde e idosos em instituições de longa permanência.

Comboio receberá doses da CoronaVac na Base Aérea e as levará para Rede de Frio
Mais notícias