Cotidiano

Com toque de recolher, atividades físicas no Parque dos Poderes estão permitidas até às 16h

Atividades físicas ao ar livre no Parque dos Poderes em Campo Grande só estão permitidas até às 16h, devido ao toque de recolher para conter a disseminação da Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Com isso, está proibida a circulação de pessoas e veículos, realização de atividades e o funcionamento de serviços e empreendimentos de […]

Renata Volpe Publicado em 26/03/2021, às 07h47 - Atualizado às 07h53

Amigos do Parque, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. (Divulgação)
Amigos do Parque, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. (Divulgação) - Amigos do Parque, no Parque dos Poderes, em Campo Grande. (Divulgação)

Atividades físicas ao ar livre no Parque dos Poderes em Campo Grande só estão permitidas até às 16h, devido ao toque de recolher para conter a disseminação da Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Com isso, está proibida a circulação de pessoas e veículos, realização de atividades e o funcionamento de serviços e empreendimentos de segunda a sexta-feira, das 20 às 5 horas. Aos sábados e domingos, a proibição é das 16 às 5 horas.

Segundo a Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul) que administra o Amigos do Parque, com a prorrogação do toque de recolher, aos sábados e domingos, o Amigos do Parque seguirá com horário de funcionamento das 7 às 16 horas nos próximos dois fins de semana (27 e 28 de março; e 3 e 4 de abril).

Durante o horário permitido, a Fundesporte orienta a prática de atividade física com respeito ao distanciamento social, uso de máscara durante realização de atividades leves e moderadas, não compartilhamento de utensílios, como garrafas de água, tereré, alimentos e objetos pessoais (equipamentos para ciclismo, por exemplo). Concluídos os exercícios físicos, recomenda-se o retorno imediato para casa.

O Amigos do Parque, criado em 2016, consiste no fechamento de uma das pistas do Parque dos Poderes para possibilitar a prática desportiva, como caminhadas, corridas, passeios de bicicleta e patins. O trecho interditado (lado direito da pista) compreende a área entre a rotatória da Avenida Mato Grosso (após a Avenida Hiroshima) até a Avenida Afonso Pena (em frente ao Corpo de Bombeiros), contornando o Parque Estadual do Prosa.

Com assessoria

Jornal Midiamax