Com previsão de mais chuva, prefeitura de Corumbá pede apoio das Forças Armadas

Cerca de 50 famílias tiveram a casa invadida pela enxurrada.

Com previsão de mais chuvas para esta quarta-feira (13), a prefeitura de Corumbá, a 417 quilômetros de Campo Grande, acionou o apoio das forças armadas. A ainda levanta os prejuízos causados pelo temporal que atingiu o município.

Em nota, a prefeitura informou que as famílias que tiveram a casa invadida pela enxurrada estão sendo atendidas na José de Souza Damy, no bairro Cristo Redentor. Caso seja necessário, om poliesportivo da cidade deve abrigar os moradores.

Ainda segundo a administração, a construção da macrodrenagem no bairro está sendo feita desde o ano passado para evitar os danos das chuvas fortes no Cristo Redentor e do Cravo Vermelho I, II, e II.

Com previsão de mais chuva, prefeitura de Corumbá pede apoio das Forças Armadas
Famílias estão sendo atendidas em escola do município. (Foto: Prefeitura de Corumbá)

“É um serviço complexo, demorado, que envolve explosão de rochas, rebaixamento de minadouros e outros serviços complementares. São obras muito grandes, mas que resolvem a situação, como já foi feito no bairro Aeroporto, na região do conjunto Tiradentes, e no bairro Padre Ernesto Sassida”, disse o prefeito .

Momento de desespero

Alguns moradores relatam momentos de desespero durante a enchente. Rodrigo de Lima Soares, morador na Rua José Maciel de Barros, no Cristo Redentor, contou que a água da chuva tomou rapidamente a casa onde ele mora com a mulher e três filhos. “Perdi tudo, de repente a água começou a entrar e minha casa foi toda invadida pela água”, relata.

Com previsão de mais chuva, prefeitura de Corumbá pede apoio das Forças Armadas
Mais notícias