Cotidiano

Com estoque em nível crítico, Hemosul precisa de sangue de todos os tipos

Com estoque em situação de alerta, o Hemosul Coordenador está precisando de doações de sangue de todos os tipos, mas três em situação de emergência, precisando repor o estoque estratégico para continuar salvando vidas. São eles: O- (31%), O+ (32%) e A+ (28%). Agora na Capital, além do Hemosul Coordenador, que faz atendimento de segunda […]

Ranziel Oliveira Publicado em 27/03/2021, às 13h33 - Atualizado às 13h59

Hemosul em Campo Grande. (Foto: Saul Schramm / Divulgação)
Hemosul em Campo Grande. (Foto: Saul Schramm / Divulgação) - Hemosul em Campo Grande. (Foto: Saul Schramm / Divulgação)

Com estoque em situação de alerta, o Hemosul Coordenador está precisando de doações de sangue de todos os tipos, mas três em situação de emergência, precisando repor o estoque estratégico para continuar salvando vidas. São eles: O- (31%), O+ (32%) e A+ (28%).

Agora na Capital, além do Hemosul Coordenador, que faz atendimento de segunda a sexta, das 7h às 17h, e aos sábados das 7h às 12h, também está disponível para coleta o Hemosul Santa Casa com horário de atendimento de segunda à sexta das 7h às 11h e agendamento no telefone 3322-4135.

No interior, o Hemosul Dourados estará aberto neste sábado (27), atendendo das 7h às 12h, com agendamento prévio no telefone (67) 99239-9421.

Vale ressaltar que os hemocentros são lugares seguros, dispondo de todas as medidas de segurança, como: distanciamento das cadeiras de espera e de coleta, álcool em gel em lugares estratégicos, higienização de ambientes e uso obrigatório de máscara.

Para doar, é necessário ter em mãos documento oficial com foto, estar bem alimentado e bem de saúde, ter mais de 55 quilos e idade entre 16 e 69 anos. Menores de idade precisam estar acompanhados do responsável legal. Para mais informações acesse o www.hemosul.ms.gov.br ou as redes sociais @hemosulms.

Coronavírus, vacinados e doação sangue

Doadores que já tiveram Covid-19 podem doar:

Casos leves: 30 dias após a cura clínica.

Casos moderado/graves: aguardar alta médica e passar pela avaliação da triagem clínica.

Pessoas que tiveram contato com casos confirmados devem esperar 14 dias.

Pessoas que recebem a vacina Coronavac, produzida pela chinesa Sinovac em parceria com o Instituto Butantan, podem doar 48h após a imunização. Já quem recebeu o imunizante Oxford/AstraZeneca, produzido em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), precisa esperar sete dias.

Jornal Midiamax