Cotidiano

Com doses insuficientes, Campo Grande ‘pulou’ vacinação de 60 a 66 anos

A chegada de mais remessas de doses da vacina contra covid fez com que Campo Grande iniciasse a vacinação das pessoas acima de 18 anos portadoras de comorbidades e deficientes. Conforme o PNI (Plano Nacional de Imunização) o próximo grupo da lista para ser vacinado seria o de idosos de 60 a 66 anos, mas […]

Gabriel Maymone Publicado em 29/03/2021, às 10h15 - Atualizado às 16h35

Fila para receber dose no Guanandizão, polo de vacinação em Campo Grande. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)
Fila para receber dose no Guanandizão, polo de vacinação em Campo Grande. (Foto: Leonardo de França, Midiamax) - Fila para receber dose no Guanandizão, polo de vacinação em Campo Grande. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

A chegada de mais remessas de doses da vacina contra covid fez com que Campo Grande iniciasse a vacinação das pessoas acima de 18 anos portadoras de comorbidades e deficientes. Conforme o PNI (Plano Nacional de Imunização) o próximo grupo da lista para ser vacinado seria o de idosos de 60 a 66 anos, mas ficaram para depois, pois não haveria doses suficientes para todos do grupo.

De acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), Campo Grande já está ‘adiantada’ na vacinação de idosos, uma vez que outros locais ainda estão aplicando doses a pessoas com mais de 70 anos e o município já vacinou até o público de 67 anos.

Porém, a Sesau garantiu que o próximo público será vacinado logo. “Havendo disponibilidade de doses, a vacinação será estendida para os demais públicos”.

A medida, conforme a Sesau, é para garantir que haja doses para todos os idosos. “Campo Grande possui uma população idoso significativamente maior do que municípios do interior do Estado, por exemplo, sendo necessário garantir que tenha doses suficientes para atender esse público antes de estabelecer um novo calendário, o que não acontece no momento, uma vez que o quantitativo de doses recebidas no último lote é inferior ao número de idosos com 66 e 65 anos no município”.

Cronograma da vacina em Campo Grande

Até o sábado (27), estavam sendo vacinados idosos até 67 anos em Campo Grande. Pessoas com comorbidades acima de 60 anos e deficientes a partir de 18 anos também começaram a ser vacinados e seguem recebendo doses essa semana.

Continuarão sendo vacinados os imunossuprimidos, pessoas com pneumopatias crônicas graves e gastrostomizados que tenham mais de 60 anos de idade.

Pessoas com Espectro Autismo (TEA), deficiência intelectual, síndrome de Down, paralisia cerebral, distrofia muscular, traqueostomizados, deficientes visuais, deficientes auditivos, transplantados, renais crônicos em diálise, além de pacientes oncológicos com doença ativa em tratamento serão vacinados a partir dos 18 anos.

Ritmo de vacinação

Conforme os dados da Sesau, Campo Grande se  aproxima das 100 mil pessoas que receberam ao menos uma dose da vacina contra covid. Foram 97.648 pessoas vacinadas até a manhã desta segunda-feira (29). Dessas, 25.818 receberam a 2ª dose e estão completamente imunizadas.

Jornal Midiamax