Cotidiano

Com 6 vigas quebradas, Agesul interdita ponte para caminhões, mas libera passagem de carros

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) suspendeu o tráfego de caminhões e carretas na altura do km 44, da rodovia MS-243, no Pantanal do Nabileque, em Corumbá. Segundo a agência, no trecho que compreende o cruzamento da serra, uma ponte de madeira sobre córrego foi danificada na passagem de um caminhão, com a […]

Fábio Oruê Publicado em 05/03/2021, às 18h33

Ponte foi danificada com a passagem de um caminhão. (Foto: Divulgação)
Ponte foi danificada com a passagem de um caminhão. (Foto: Divulgação) - Ponte foi danificada com a passagem de um caminhão. (Foto: Divulgação)

A Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) suspendeu o tráfego de caminhões e carretas na altura do km 44, da rodovia MS-243, no Pantanal do Nabileque, em Corumbá.

Segundo a agência, no trecho que compreende o cruzamento da serra, uma ponte de madeira sobre córrego foi danificada na passagem de um caminhão, com a quebra de seis vigas. O regional da Agesul no município, Luiz Mário Anache, comunicou que o tráfego está liberado apenas para veículos pequenos (de passeio).

Veículos pesados devem acessar a região pela rodovia MS-325 (Estrada do Carandazal), entrada no entroncamento do Morro do Azeite com a BR-262, próximo ao Buraco da Piranha.

A partir de segunda-feira (8), quando se inicia os reparos na estrutura da ponte, a interdição no km 44 da MS-243 será total, prolongando-se até terça-feira. Conforme Anache, o trecho deverá ser liberado para todos os veículos na quarta-feira (10).

Jornal Midiamax