Com 500 árvores em risco, Dourados faz podas de emergência para evitar novas quedas

Levantamentos feitos pelo do Imam, apontam necessidade de monitoramento diário

A Prefeitura de Dourados fez uma ação preventiva de poda e limpeza na área central da cidade nesta sexta-feira (15). Outras ações também estão sendo executadas neste sábado (16) em atendimento às prioridades estabelecidas pelo prefeito que recebeu a cidade tomada pelo matagal e com salários atrasados.

“Por conta das últimas chuvas fortes, o centro ficou alagado. Estamos tentando nos antecipar e minimizar os problemas que podem ocorrer caso a previsão de chuva forte se confirme no fim de semana”, explicou o secretário municipal de Serviços Urbanos, Romualdo Salgado.

Segundo o Climatempo, serviço especializado em meteorologia, neste sábado a previsão é de sol com muitas nuvens e possibilidade de chuva a qualquer momento do dia. Pode chover até 14 milímetros e a chance de chuva é de 90%.

Já no domingo (17), a previsão é bem semelhante, com chance de chuva a qualquer momento do dia. A probabilidade é também de 90% e pode chover até 22 milímetros, segundo o Climatempo.

Com 500 árvores em risco, Dourados faz podas de emergência para evitar novas quedas
Fucionários da prefeitura fazem podas na região central da cidade.(Foto: Divulgação).

Riscos de queda

De acordo com o secretário Serviços Urbanos, Romualdo Salgado, um levantamento feito pelo Imam (Instituto de Meio Ambiente de Dourados) revela que existem pelo menos 500 árvores com risco de queda em toda cidade e, neste primeiro momento, as que oferecem maior perigo na área central foram podadas.

“Depois do centro, vamos dar sequência a esse projeto de poda em toda cidade. Inclusive vamos fazer uma pintura especial nessas árvores em risco para que a população também saiba dos possíveis perigos que elas oferecem em caso de chuvas e ventos fortes”, destacou o secretário.

Ele também anunciou que a prefeitura está desenvolvendo um aplicativo em que a própria população poderá identificar essas árvores e ajudar o município no monitoramento das mesmas, evitando problemas futuros e que podem resultar em consequências mais graves.

 

Com 500 árvores em risco, Dourados faz podas de emergência para evitar novas quedas
Mais notícias