Cotidiano

Com 2ª maior incidência de Covid-19 em MS, Chapadão endurece medidas restritivas

Até esta sexta-feira (5), Chapadão do Sul é o município com segunda maior incidência de Covid-19 em MS e adotou novas medidas de restrição.

Dândara Genelhú Publicado em 05/03/2021, às 17h16

Vista aérea de Chapadão do Sul, cidade com segunda maior incidência de coronavírus no MS. (Foto: Divulgação)
Vista aérea de Chapadão do Sul, cidade com segunda maior incidência de coronavírus no MS. (Foto: Divulgação) - Vista aérea de Chapadão do Sul, cidade com segunda maior incidência de coronavírus no MS. (Foto: Divulgação)

Até esta sexta-feira (5), Chapadão do Sul é o município com segunda maior incidência de Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Assim, o município, a 333 km de Campo Grande, adotou medidas restritivas mais rígidas para frear o avanço da pandemia.

De acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), existem 9,1 mil casos de Covid-19 para cada 100 mil habitantes de Chapadão. No município, são 2.378 casos confirmados. Então, a cidade também ocupa o 10º lugar no ranking estadual das que mais concentram infectados.

São 26 óbitos causados por coronavírus registrados no município. Com isso, a Prefeitura de Chapadão do Sul publicou decreto na última quinta-feira (4) para que o município siga novas medidas restritivas.

Com as novas regras, aniversários, casamentos e confraternizações só poderão ocorrer se for apresentado previamente plano de biossegurança. O documento deve ser enviado pelo responsável do local em que o evento será realizado e a festa deve encerrar até às 21h.

Além disto, foram suspensos por 15 dias, contados a partir da última quinta-feira (4), shows com música ao vivo, festas e eventos em casas de piscina. O horário de atendimento em bares, lanchonetes, conveniências e restaurantes mudou para até às 21 horas.

Por fim, o município lembra que o estabelecimento ou proprietário do imóvel que descumprir o decreto, poderá ter o local interditado por sete dias. Denúncias de irregularidades das medidas e aglomerações podem ser enviadas para Vigilância Sanitária, pelos telefones (67) 3562-6614 ou (67) 99967-1902. Há ainda a possibilidade dos moradores de Chapadão denunciarem pacientes que testaram positivo para Covid-19 e não cumprem o isolamento. Estes casos devem ser encaminhados para a Vigilância Epidemiológica por meio dos telefones (67) 3562-6611 ou (67) 98466-6013.

Jornal Midiamax