Cotidiano

Cinco árvores de grande porte são cortadas após causarem ‘muita sujeira’ a moradores

Cinco árvores começaram a ser removidas da Avenida João Rosa Pires com a Ernesto Geisel, em Campo Grande, e levantaram questionamento de quem passava pelo local. A poda das árvores estaria acontecendo , conforme moradores, por que causavam ‘muita sujeira’. Conforme comerciante, as árvores davam ‘muito trabalho’ pois deixava folhas por todos os lados. “Uma […]

Mariane Chianezi Publicado em 15/02/2021, às 09h42 - Atualizado às 16h42

Foto: Marcos Ermínio, Midiamax
Foto: Marcos Ermínio, Midiamax - Foto: Marcos Ermínio, Midiamax

Cinco árvores começaram a ser removidas da Avenida João Rosa Pires com a Ernesto Geisel, em Campo Grande, e levantaram questionamento de quem passava pelo local. A poda das árvores estaria acontecendo , conforme moradores, por que causavam ‘muita sujeira’.

Conforme comerciante, as árvores davam ‘muito trabalho’ pois deixava folhas por todos os lados. “Uma nojeira”, pontuou. Outro comerciante disse que a poda vai ser bem-vinda devido às dificuldades que os moradores têm em limpar. “É uma boa coisa que estão fazendo, estava precisando”, comentou.

A reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura Municipal para verificar se a Semadur (Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana) permitiu a poda foi informado que havia um alvará para o procedimento. Confira a resposta na íntegra:

“Informamos que foi solicitada as remoções e que as mesmas estão autorizadas conforme Laudo de Vistoria emitido pelo auditor fiscal, considerando o estado fitossanitário comprometido das cinco árvores avaliadas. Deverá ser realizado o plantio de mudas conforme determina a Lei Complementar 184”.

Jornal Midiamax