Cotidiano

Cerca de 24 municípios de MS devem fechar fevereiro com chuvas abaixo do esperado

O Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), divulgou nesta sexta-feira (26) o balanço parcial de chuvas registradas em fevereiro. Cerca de 24 municípios de para Mato Grosso do Sul devem fechar o mês com chuvas abaixo do espero. Conforme os dados do monitoramento, apenas cinco municípios choveu mais do que o estimado […]

Karina Campos Publicado em 26/02/2021, às 14h33 - Atualizado às 14h53

Massa de ar seco favoreceu a falta de chuva nas regiões. (Foto: Arquivo/Midiamax)
Massa de ar seco favoreceu a falta de chuva nas regiões. (Foto: Arquivo/Midiamax) - Massa de ar seco favoreceu a falta de chuva nas regiões. (Foto: Arquivo/Midiamax)

O Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), divulgou nesta sexta-feira (26) o balanço parcial de chuvas registradas em fevereiro. Cerca de 24 municípios de para Mato Grosso do Sul devem fechar o mês com chuvas abaixo do espero.

Conforme os dados do monitoramento, apenas cinco municípios choveu mais do que o estimado para o mês como: Aquidauana, onde era esperado 157, mas atingiu 170 mm; Itaquirai, de 145,2 para 152,6 mm; Porto Murtinho com 169,8, de estimado 126 mm; Santa Rita do Rio Pardo de 175,6 para 241,4 mm; e São Gabriel do Oeste de 171,5 para 216 mm no mês.

Para o Estado, a previsão seria de 4.972,1, mas atingiu 2.974,7 mm no volume de água, sendo 60% do esperado pelo monitoramento. Em 24 cidades, o baixo volume de chuva preocupou, em Pedro Gomes, por exemplo, o prognóstico aponta o registro de 196,3, porém, choveu apenas 4,8 mm nos 26 dias do mês.

Outras cidades que registram volume muito abaixo do esperado foram: Água Clara, Angélica, Aral Moreira, Bela Vista, Bonito, Caraapó, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Dourados, Campo Grande, Itaporã, Ivinhema, Laguna Caarapã, Maracaju, Miranda, Nova Alvorada do Sul, Paranaíba, Ponta Porã, Ribas do Rio Pardo e Rio Brilhante.

Ainda segundo o Cemtec, durante o mês, houve chuvas concentradas em poucos dias e com grandes volumes, houve um período de sem chuvas no MS associado ao predomínio de uma massa de ar seco.

Municípios que não aparecem na listagem de acumulados de chuva podem ser por algumas causas, como não tem sensor ou ter o aparelho sem funcionamento

Jornal Midiamax