Cotidiano

Campo Grande tem 58 pontos de vacinação para deficientes e pessoas com comorbidades

Campo Grande segue nesta segunda-feira (29) com a vacinação de pessoas com deficiência e comorbidades contra covid, com 58 pontos de imunização espalhados pelas sete regiões urbanas e distritos da Capital. No sábado (27), foram mais de 4,5 mil pessoas vacinadas durante o plantão. Continuarão sendo vacinados os imunossuprimidos, pessoas com pneumopatias crônicas graves e gastrost...

Gabriel Maymone Publicado em 29/03/2021, às 07h32

Vacinação contra Covid-19. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)
Vacinação contra Covid-19. (Foto: Leonardo de França, Midiamax) - Vacinação contra Covid-19. (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Campo Grande segue nesta segunda-feira (29) com a vacinação de pessoas com deficiência e comorbidades contra covid, com 58 pontos de imunização espalhados pelas sete regiões urbanas e distritos da Capital. No sábado (27), foram mais de 4,5 mil pessoas vacinadas durante o plantão.

Continuarão sendo vacinados os imunossuprimidos, pessoas com pneumopatias crônicas graves e gastrostomizados que tenham mais de 60 anos de idade.

Pessoas com Espectro Autismo (TEA), deficiência intelectual, síndrome de Down, paralisia cerebral, distrofia muscular, traqueostomizados, deficientes visuais, deficientes auditivos, transplantados, renais crônicos em diálise, além de pacientes oncológicos com doença ativa em tratamento serão vacinados a partir dos 18 anos.

A orientação é para que as pessoas pessoas com deficiência auditiva busquem atendimento no Drive-Thru Parque Ayrton Senna e no Centro de Vacinação Guanandizão, que irão contar com interpretes de libras para auxiliar no atendimento.

É preciso realizar o cadastro de identificação prévia no site vacina.campogrande.ms.gov.br , uma vez que é necessária a comprovação da comorbidade anexando um laudo médico, que também deverá ser apresentado no momento da vacinação. Imunossuprimidos, transplantados e tratamento oncológico devem apresentar também uma autorização médica.

Além de pessoas com deficiência e comorbidades, serão imunizados também os idosos com mais de 67 anos que não conseguiram se vacinar na data prevista no calendário estabelecido pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

Na sexta-feira (26), o Município recebeu aproximadamente 17 mil doses das vacinas Coronavac e Astrazeneca para dar prosseguimento a campanha de vacinação emergencial contra a covid. Do dia 19 de janeiro até 27 de março, foram imunizadas 97.359 pessoas na Capital, sendo que 25.814 já receberam a segunda dose, totalizando 123.173 doses aplicadas.

Jornal Midiamax