Cotidiano

Campo Grande é uma das finalistas em concurso de boas práticas em ouvidorias

Campo Grande está entre as finalistas do VI Concurso de Boas Práticas da Rede Nacional de Ouvidorias. Foram inscritas mais de 70 práticas desenvolvidas no país, sendo três da Prefeitura de Campo Grande, representada pela CGM (Controladoria-Geral do Município). Estão entre as finalistas as iniciativas do Portal da Transparência Covid-19, a plataforma Fala Campo Grande […]

Mylena Rocha Publicado em 04/03/2021, às 09h42 - Atualizado às 10h32

Em Campo Frande, 24 pessoas faleceram de Covid-19 em domicílio. Foto: Diogo Gonçalves/PMCG.
Em Campo Frande, 24 pessoas faleceram de Covid-19 em domicílio. Foto: Diogo Gonçalves/PMCG. - Em Campo Frande, 24 pessoas faleceram de Covid-19 em domicílio. Foto: Diogo Gonçalves/PMCG.

Campo Grande está entre as finalistas do VI Concurso de Boas Práticas da Rede Nacional de Ouvidorias. Foram inscritas mais de 70 práticas desenvolvidas no país, sendo três da Prefeitura de Campo Grande, representada pela CGM (Controladoria-Geral do Município). Estão entre as finalistas as iniciativas do Portal da Transparência Covid-19, a plataforma Fala Campo Grande e projeto de integração entre Prefeitura e Câmara.

O controlador-geral do Município, Luiz Afonso de Freitas Gonçalves, destaca que as práticas inscritas no concurso demonstram como a administração pública está empenhada em oferecer um serviço eficiente e ágil ao cidadão.

“O serviço deve atender as reais necessidades do usuário, garantindo, sempre que possível, que suas expectativas sejam supridas. A devolutiva de pedidos ou até mesmo de reclamações estabelece um vínculo de confiança com a instituição pública”, destaca o controlador.

O projeto ‘Portal da Transparência Covid-19’ foi inscrito na categoria A: ‘Fomento à participação e ao controle social em tempos de pandemia’. Responsável pelo projeto, o coordenador-geral da transparência, Arley Sandim ressaltou que o objetivo é proporcionar maior transparência ao cidadão, tornando público todas as medidas adotadas pelo Município no enfrentamento à pandemia.

“Vivenciamos um ano atípico e diante de um cenário grave. Foi necessário criar uma plataforma que compilasse os dados e ações desenvolvidas pela Prefeitura no combate ao novo coronavírus. O Portal trata exclusivamente sobre o tema, detalhando as informações e as tornando acessível à toda população”, ressalta o coordenador-geral.

As ações da Ouvidoria-Geral do Município concorrem nas categorias B ‘Desenvolvimento de capacidade institucional’, com o projeto “Integração entre a Prefeitura e a Câmara de Vereadores de Campo Grande-MS, para atendimento das Indicações das necessidades de Obras e Serviço à população” e na categoria C ‘Melhoria da gestão e das entregas aos usuários de serviços públicos’, está inscrita a “Plataforma Fala Campo Grande – 156”.

Para o ouvidor-geral do Município, Marcos Haroitto, os canais de comunicação disponibilizados pela Prefeitura estreitam laços e contribuem na melhoria dos serviços prestados. Ele destaca ainda que o segundo projeto inscrito, a Plataforma Fala Campo Grande vem sendo muito utilizada por toda a população, se consolidando como um dos canais favoritos do campo-grandense na hora de registar seus pedidos junto à Prefeitura.

“Em quatro anos, a ferramenta registrou mais de 180 mil ordens de serviços, sendo que desse total 82% foram respondidas”, conclui Haroitto.

Já o diretor-presidente da Agetec (Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação), Paulo Cardoso, responsável pelo desenvolvimento das ferramentas, destaca que esse reconhecimento é consequência de um planejamento em tecnologia definido no começo da gestão, em 2017.

A divulgação do resultado final está prevista para ocorrer no dia 16 de março.

(com informações da PMCG)

Jornal Midiamax