Cotidiano

Ausência de médicos na UPA Leblon faz espera por atendimento ultrapassar 4 horas

Campo-grandenses que procuraram a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon nesta segunda-feira (1º) tiveram que esperar mais de 4 horas por atendimento médico. Pacientes reclamaram da demora por auxílio e alegaram só ter um médico disponível em toda a unidade. Moradora de 51 anos, que preferiu não ter a identidade revelada, disse ao […]

Fábio Oruê Publicado em 01/03/2021, às 14h51 - Atualizado às 15h16

Pacientes esperam mais de 4h por atendimento na UPA. (Foto: Leitora/ Midiamax)
Pacientes esperam mais de 4h por atendimento na UPA. (Foto: Leitora/ Midiamax) - Pacientes esperam mais de 4h por atendimento na UPA. (Foto: Leitora/ Midiamax)

Campo-grandenses que procuraram a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim Leblon nesta segunda-feira (1º) tiveram que esperar mais de 4 horas por atendimento médico. Pacientes reclamaram da demora por auxílio e alegaram só ter um médico disponível em toda a unidade.

Moradora de 51 anos, que preferiu não ter a identidade revelada, disse ao Jornal Midiamax que estava desde 9h15 no local, e as 14h ainda não havia sido atendida. “O problema que tem só um médico para atender urgência e emergência […] Tem paciente deitado no chão”, descreveu ela.

Outra paciente revelou que estava lá desde às 7h e 13h30 ainda não havia sido atendida. Ela contou que durante a manhã foi informada que não havia médico para atender os pacientes que não estavam em urgência e emergência. “Tem muita gente aqui. Muito idoso”, disse.

Procurada, a prefeitura de Campo Grande informou que houve ausência de dois profissionais que estavam previamente escalados para fazer atendimento. “Em decorrência da alta na demanda, houve um tempo maior de espera. Foi enviada posteriormente uma equipe de apoio para desafogar o atendimento. Cabe reforçar que todos os pacientes foram atendidos dentro do tempo protocolar, sendo priorizados casos de maior gravidade”, diz a nota enviada por e-mail.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

A leitora enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax