Cotidiano

Após suspensão nas escolas estaduais, Semed decide retomar aulas remotas em Campo Grande

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) decidiu por voltar com as aulas remotas em Campo Grande, a partir de segunda-feira (29). Indo na direção contrária, a SED (Secretaria  Estadual de Educação) suspendeu o funcionamento das escolas da rede estadual e as aulas virtuais no período de vigência do decreto estadual, que vai desta sexta-feira (26) […]

Fábio Oruê Publicado em 26/03/2021, às 14h46 - Atualizado em 27/03/2021, às 09h00

Aulas à distância voltarão em Campo Grande (Foto: Divulgação / PMCG)
Aulas à distância voltarão em Campo Grande (Foto: Divulgação / PMCG) - Aulas à distância voltarão em Campo Grande (Foto: Divulgação / PMCG)

A Semed (Secretaria Municipal de Educação) decidiu por voltar com as aulas remotas em Campo Grande, a partir de segunda-feira (29). Indo na direção contrária, a SED (Secretaria  Estadual de Educação) suspendeu o funcionamento das escolas da rede estadual e as aulas virtuais no período de vigência do decreto estadual, que vai desta sexta-feira (26) até o dia 4 de abril, após a Páscoa.

Comunicado Interno (CI) aos servidores da educação de MS, divulgado na quinta-feira (25), avisava sobre a paralisação. Já na Reme (Rede Municipal de Ensino), segundo a assessoria, as aulas à distância retornarão, após uma semana paradas por conta do decreto municipal que antecipou feriados em Campo Grande.

Conforme o decreto estadual, para a educação dos níveis fundamental, médio, técnico-profissionalizante, superior e pós graduação é permitido em formato remoto ou à distância. Apesar disso, a SED decidiu suspender totalmente o ensino remoto nesse período. Comunicado assinado pela secretária de Educação, Maria Cecília, informa a suspensão das escolas da REE/MS (Rede Estadual de Ensino).

Ao Jornal Midiamax, a assessoria da SED explicou que em alguns casos, a aula remota necessita de materiais impressos pela escola e a entrega estaria comprometida por conta das medidas mais rígidas impostas pelo governo de MS. Os dias ‘de folga’ estão previsto no calendário escolar e serão repostos durante o ano.

Jornal Midiamax