Cotidiano

Após ação do MP, Três Lagoas deverá receber 20 novos leitos para tratar covid

Os novos leitos se somarão aos 40 já disponíveis na UPA do município

Gabriel Neves Publicado em 03/04/2021, às 14h32

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. - (Foto: Henrique Arakaki/Midiamax)

O Município de Três Lagoas, deverá receber dezenas de novos leitos para atender pacientes com covid-19. A medida ocorre após uma ação movida pelo MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) contra o Município de Três Lagoas e o Estado.

De acordo com o MPMA, em audiência de conciliação, realizada nesta quinta-feira (1°), foi acordado que a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Três Lagoas será 100% voltada aos atendimentos de covid e a unidade deverá ganhar 20 novos leitos em cinco dias, que se somarão aos 40 já disponíveis.

O Município e o Estado intensificarão a negociação com o Hospital Auxiliadora para aumento de mais 20 leitos covid, o qual deve dar a resposta nos próximos 30 dias.

Segundo o Promotor de Justiça Moisés Casarotto, a ampliação de leitos é fundamental em Três Lagoas para atender as pessoas que precisam de internação.

“A situação ainda é muito grave, pela altíssima taxa de contaminação e mortos na cidade nas últimas semanas, por isso as medidas de prevenção ainda são essenciais”, disse Casarotto.

Ainda, a pedido do MPMS, ficou acordado que o Estado, em 15 dias, deverá apresentar informações sobre a continuidade nas obras do Hospital Regional.

Jornal Midiamax