Cotidiano

À espera de licitação, Terminal Morenão deve receber obras de ampliação

O Terminal Morenão deve ser ampliado, assim, a licitação para realizar a construção já está sendo elaborada. 

Dândara Genelhú Publicado em 26/02/2021, às 16h00 - Atualizado às 16h00

Terminal Morenão entrou para PAC Mobilidade e aguarda licitação para ampliação. Foto: Minamar Júnior | Midiamax.
Terminal Morenão entrou para PAC Mobilidade e aguarda licitação para ampliação. Foto: Minamar Júnior | Midiamax. - Terminal Morenão entrou para PAC Mobilidade e aguarda licitação para ampliação. Foto: Minamar Júnior | Midiamax.

Com as reformas de terminais de ônibus coletivos em Campo Grande, já era esperado que o Terminal Morenão recebesse obras. No entanto, diferente dos outros que apenas foram restaurados, este deve ser ampliado. De acordo com o secretário Rudi Fiorese, a licitação para realizar a construção já está sendo elaborada.

Ao Jornal Midiamax, o secretário da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) disse que mais informações sobre a licitação deve ser divulgada na próxima semana. “Estamos finalizando o orçamento”, informou.

Assim, o secretário da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Janine de Lima, explicou que as diferenças entre as obras dos terminais. Ao contrário dos outros terminais que receberam reformas na parte dos fechamentos, como grades e base da Guarda Municipal, o Morenão “é o único que vai ser ampliado, porque ele é muito pequeno”.

Ele esclareceu que a ampliação será possível por causa da inclusão Terminal Morenão no PAC Mobilidade, que é um programa de aceleramento de crescimento da mobilidade coletiva urbana. “Ele foi incluso no PAC Mobilidade de 2012, então ele vai ser licitado”, explicou.

Campo Grande deu início na reforma de outros terminais. Assim, o secretário destacou que o terminal Bandeirantes, Julio de Castilho e o Guaicurus “já estão bem no final da reforma”.

Reformas de R$ 5,5 milhões

Anunciada em 2019, o município divulgou o começo da obra nos terminas Júlio de Castilho, Bandeirantes e Guaicurus. A reforma nas plataformas tem investimento de R$ 5,5 milhões e prevê além de postos da Guarda Municipal, tomadas para recarga de celular, internet e portões para fechar os terminais à meia-noite.

Foi assinado contrato de R$ 2.704.201,20 para reforma dos terminas de ônibus do Aero Rancho, Nova Bahia, Morenão, General Osório, Moreninhas e do ponto de integração Hércules Maymone. O extrato está no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) do dia 18 de novembro.

Jornal Midiamax