Cotidiano

Voluntários doam botijões de gás em comunidades carentes de Campo Grande

Amigos, voluntários e membros da Cufa (Central Única das Favelas) realizaram nesta segunda-feira (11) doações de botijão de gás para comunidades carentes, em Campo Grande. Durante a pandemia, famílias acabaram ficando sem trabalho e, consequentemente, sem renda. Rogério Carvalho, da ONG (Organização Não-Governamental) Voz da Periferia, explicou que o projeto contou com a colabor...

Karina Campos Publicado em 11/05/2020, às 14h30

Meta é atender cerca de 846 famílias na Capital. (Foto: Divulgação)
Meta é atender cerca de 846 famílias na Capital. (Foto: Divulgação) - Meta é atender cerca de 846 famílias na Capital. (Foto: Divulgação)

Amigos, voluntários e membros da Cufa (Central Única das Favelas) realizaram nesta segunda-feira (11) doações de botijão de gás para comunidades carentes, em Campo Grande. Durante a pandemia, famílias acabaram ficando sem trabalho e, consequentemente, sem renda.

Rogério Carvalho, da ONG (Organização Não-Governamental) Voz da Periferia, explicou que o projeto contou com a colaboração da empresa Super Gás. Cerca de 141 famílias dos bairros Bom Retiro e Vila Nascer foram atendidos com as doações. “Um início de semana recheado de muita positividade e esperança, com uma mega ação social”, comemora.

Na sexta-feira (11), a ajuda chegou para 282 mães da Favela do Mandela e Moreninhas. O objetivo é atender, pelo menos, 846 famílias carentes da Capital. “A energia das mulheres é o que move grande parte dos lares por todo Brasil. Muitas vezes, são elas as responsáveis por cuidar de toda família. E as mais vulneráveis na atual crise de saúde e econômica causada pelo Covid-19, estão nas favelas e comunidades”, ressaltou a Cufa nas redes sociais.

O projeto deve continuar e está recrutando novos voluntários. Clique aqui para acessar a ficha de inscrição.

Jornal Midiamax