Volta às aulas: Professores reclamam de falta de assistentes e 80 serão convocados

Ano letivo nas escolas da Reme começam nesta quinta-feira

O ano letivo na Reme (Rede Municipal de Ensino) começa nesta quinta-feira (6) em Campo Grande, no entanto, professores têm reclamado que em várias Emeis (Escola Municipal de Educação Infantil) há falta de profissionais que atuam como assistentes de educação infantil. A prefeitura afirma que na próxima semana 80 assistentes serão convocados.

Os assistentes de educação infantil atuam em jornada de 40 horas semanais e auxiliam professores em ações nas salas como por exemplo no banho, troca de roupas, fraldas, uso do banheiro, escovação e oferecimento de refeições.

Professores que não tiveram confirmação de assistentes em suas salas chegaram a formalizar reclamações para a ACP (Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação). Muitos profissionais pediram adiamento do início do ano letivo.

Presidente da ACP, Lucílio Nobre afirmou ao Jornal Midiamax que as reclamações foram encaminhadas à Semed, que garantiu que todas escolas estarão aptas a receber alunos, tanto em relação à profissionais como infraestrutura.

“A Semed nos garantiu que fará ajustes no sentido de atender as demandas nos primeiros dias e que não haverá prejuízo para profissionais e alunos”, afirmou Lucílio.

Em resposta à reportagem, a Semed afirmou que encaminhamentos estão sendo feitos para suprir as demandas das Emeis e que na próxima semana haverá convocação de 80 assistentes da educação infantil, o que deve suprir o déficit que gerou reclamações de professores.

Volta às aulas: Professores reclamam de falta de assistentes e 80 serão convocados
Mais notícias