Vítimas de coronavírus recebem atendimento psicológico em cidade de MS

Mudança diária que a pandemia impôs fez com que muitas pessoas precisassem de atendimento psicológico

A mudança que a pandemia impôs no dia-a-dia com o isolamento social, trouxe incertezas, solidão e ameaça à saúde. Em Corumbá, a 444 quilômetros de Campo Grande, as vítimas da doença poderão ter um acolhimento psicológico, conforme a Secretaria Municipal de Saúde. O atendimento é feito por telefone ou presencial, no Centro de Atendimento para Enfrentamento à Covid-19.

A psicóloga Michele Camargo explica que além das consequências com o isolamento, a perda de um ente querido, pode desenvolver uma depressão. “A prevalência de problemas psicológicos devido ao Covid está mais voltado para o desenvolvimento de depressão, ansiedade e estresse pós-traumático principalmente daqueles que perderam entes queridos ou vivenciaram uma internação ou suspeita de contágio”, destacou Michele.

A Secretaria de Saúde afirmou que é uma forma de diminuir futuros problemas. “Instituímos o serviço para que as pessoas possam se sentir acolhidas e diminuir futuros problemas relacionados à saúde mental. Ao procurar o Centro peça para conversar com um psicólogo, não leve as suas angústias de volta para casa, cuidar da sua saúde mental faz toda a diferença”, explicou o secretário de Saúde em Corumbá, Rogério Leite.

Serviço

O atendimento presencial no Centro funciona de segunda a sexta, das 7h às 19h, na rua América, 1576. Por telefone ou WhatsApp pelo telefone: (67) 99834-2027/ 99932-2028/ 99826-2010, de segunda a sexta, das 7h às 11h e das 13h às 17hs.

Vítimas de coronavírus recebem atendimento psicológico em cidade de MS
Mais notícias