VÍDEO: Neto pede doações de sangue O+ para avó internada com leucemia

Dona Antônia descobriu leucenia há cerca de 30 dias e está internada a espera de doação de medula óssea

O pequeno Gutho Saochine, de cinco anos, fez um pedido nas redes sociais em prol da recuperação da sua avó, Antônia Cylis Saochine Rezende, 61 anos, que há cerca de 30 dias descobriu uma leucemia e está precisando de doações de sangue do tipo O+ para tratamento da doença.

No vídeo, publicado no , ‘Guthinho’ diz que não pode doar, mas pede que as outras pessoas façam a doação para ajudar sua avó.

Confira o vídeo:

Segundo informou o pai d0 ‘Guthinho’ e filho da dona Antônia, Guto Cylis Saochine, enquanto a mãe não consegue um doador de medula óssea, a mãe precisa receber as transfusões de sangue. “Eu e meu irmão já fizemos a coleta para saber se somos compatíveis e podemos doar para ela”, disse ele ao Jornal Midiamax.

Guto contou que a doença surpreendeu a todos. “Minha mãe faz pilates e achou que era uma dor por conta dos exercícios, mas o médico pediu exame de sangue e o resultado indicou que estava tudo desregulado”, contou. Depois do diagnóstico, dona Antônia precisou ser internada desde então.

Para doar, basta ir ao (Hemocentro coordenador de ),  que fica na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304, em Campo Grande e doar para Antônia Cylis Saochine Rezende. O atendimento de segunda à sexta-feira é das 7h às 17h, e aos sábados de 7h às 12h. A cada 1° sábado do mês o atendimento é das 7h às 17h.

Critérios para a doação de sangue em  podem ser conferidos no site do .

 

 

 

 

VÍDEO: Neto pede doações de sangue O+ para avó internada com leucemia
Mais notícias