VÍDEO: campo-grandense ignora avanço do coronavírus e lota bar na Capital

Na madrugada deste sábado (11) sete pessoas foram presas quebrando a quarentena

Imagens de um bar lotado de pessoas localizado na rua Antônio Maria Coelho, em Campo Grande, geraram revolta de quem passava na frente do estabelecimento. Sem distanciamento social, o bar estava com grande aglomeração. 

Um leitor do Jornal Midiamax relatou que desde as 15 horas deste sábado (11), o local estava lotado de pessoas que não guardava distanciamento social. A  (Secretaria Municipal de e Desenvolvimento Urbano) chegou a ir até o local, que não foi fechado. 

Nesta sexta-feira (10), um posto de combustível lotado de pessoas e mais festas em residências indignaram os leitores do Jornal Midiamax. 

Postado por volta das onze horas da noite, uma mulher registrou um grupo de pessoas dentro de um posto de combustível e vários carros em torno do local. “Nós estamos em plena pandemia, com aumento de mais de 500%, e olha só como está? Olha os carros. Tudo lotado! Gente, é um absurdo isso!”, diz durante a filmagem. 

Toque de recolher 

Após o toque de recolher nesta sexta-feira (10), sete pessoas foram presas quebrando quarentena e ao menos 711 foram orientadas a voltar para a casa. A ação foi realizada nas regiões do Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa e Segredo. Participaram 38 guardas, com apoio de sete fiscais da , seis da , agentes da  (Agência Municipal de Trânsito) e policiais militares. Foram 451 telefonemas encaminhados à central de operações, dos quais 202 eram referentes ao desrespeito ao toque de recolher. 

Ao todo, 106 estabelecimentos foram orientados e vistoriados, 16 estabelecimentos foram notificados pela  por alvará vencido e seis foram notificados por descumprimento de decreto.  

VÍDEO: campo-grandense ignora avanço do coronavírus e lota bar na Capital
Mais notícias