Usina em Nova Andradina é multada em R$ 100 mil por incêndio em vegetação

Para identificar o crime, polícia utilizou a técnica de sobreposição de imagens via satélite

A ( Ambiental) de Batayporã autuou uma usina sucroenergética, no valor de R$ 100 mil, por incêndio em uma lavoura de cana-de-açúcar, que atingiu uma reserva legal no município de Nova Andradina, localizado a 297km da Capital.

Após denúncias, agentes da visitaram o local do fogo, nesta quinta-feira (8). Durante a fiscalização, foi constatado que houve um incêndio na propriedade, mas que já havia algum tempo. Com isso, a utilizou a técnica de sobreposição de imagens via satélite e constatou que o crime ocorreu em março deste ano.

Com uso de GPS foi realizada a aferição das áreas atingidas pelo fogo. Foram queimados 40,08 hectares de canavial, lavoura esta que já havia sido colhida. Depois de queimar a lavoura, o fogo se alastrou por mais 8,74 hectares de área de Reserva Legal da propriedade, além de 1,26 hectare de vegetação do bioma , segundo o site Jornal da Nova.

A empresa infratora, com domicílio jurídico em Nova Andradina, foi autuada administrativamente e multada em R$ 100 mil, conforme previsão do Decreto Federal 6.514/2008. Os responsáveis poderão responder por crime, de provocar incêndio em mata ou floresta.

A Ambiental está intensificando as fiscalizações preventivas e repressivas aos incêndios neste período seco na operação . Durante o desenrolar da operação e o tipo de fiscalização desenvolvido, as pessoas passaram a denunciar mais os incêndios, tanto urbanos como rurais, inclusive, alguns ocorridos há algum tempo.

Usina em Nova Andradina é multada em R$ 100 mil por incêndio em vegetação
Mais notícias