UFMS diz que não ofertará vagas pelo Sisu em 2021 por atrasos causados pela pandemia

Pelas redes sociais, estudantes discordaram da suspensão

A (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), informou, na tarde desta quinta-feira (15), que a suspensão do ingresso de alunos pelo Sisu (Sistema de Seleção Unificada) em 2021 foi causada pelos atrasos em consequência da pandemia da , o novo coronavírus.

Em nota, a instituição explicou que está em processo de finalização de aulas do segundo semestre deste ano e milhares de estudantes que aguardam pela formatura acabaram sendo prejudicados pelo adiamento das aulas presenciais, permanecendo nas aulas à distância.

Além disso, em razão do adiamento das provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e liberação dos resultados das provas do Sisu, outras universidades também estão buscando alternativas emergenciais para que os 22 mil alunos matriculados não sejam lesados.

“A adoção do Sisu para o primeiro semestre de 2021 acarretará início do semestre letivo somente em junho/2021, atraso ou inexistência de formaturas e prejuízo a “normalidade” conquistada por todos estudantes, professores e técnicos da em 2020”, informou a nota.

Excepcionalmente, o Conselho de Graduação aprovou a oferta de 80% de vagas para o Vestibular e 20% de vagas para o Passe (Programa de Avaliação Seriada Seletiva), e editais públicos.

“A equipe técnica da reforça que o Sisu poderá ser utilizado para os cursos com entrada no segundo semestre de 2021, caso haja tempo hábil e sem prejuízo ao calendário acadêmico, e de modo a evitar prejuízos aos estudantes de todo o país, em datas de provas que não coincidem com o ENEM (presencial e digital) e demais provas nacionais. ”

Estudantes discordam

Pelas redes sociais, acadêmicos e estudantes discordaram do processo e reclamaram sobre a decisão. Pelo Twitter, levantaram a tag #FicaSisuNa expondo a indignação com a decisão da .

Além do ‘tuitaço’, marcado para esta sexta-feira (16) às 8h, os estudantes se mobilizam em compartilhar e comentar vídeos da reunião conselho universitário; enviar e-mails aos conselheiros pedindo uma nova proposta; e gravar vou tirar uma foto dizendo o nome e onde estuda, expondo a opinião a determinação.

UFMS diz que não ofertará vagas pelo Sisu em 2021 por atrasos causados pela pandemia
Mais notícias