Temporal causa danos e amplia cratera que já ameaça engolir casas em cidade de MS

Obras de drenagem iniciadas há 20 dias para conter erosão no bairro Cristo Rei, em Nova Andradina, foram destruídas pelas enxurradas

As fortes chuvas que atingiram Nova Andradina –a 300 km de Campo Grande– na tarde desta sexta-feira (4) destruíram obras de drenagem iniciadas há 20 dias e aumentaram a grande erosão da Rua Espírito Santo, no cruzamento com a Antônio Duarte, entre os bairros Argemiro Ortega e Cristo Rei.

O solapamento do solo já se aproxima de casas e ao menos uma já corre risco de ser engolida pela cratera. Parte do asfalto e do muro do imóvel foram levados pelas enxurradas, que também arrancou tubulações de esgoto e da rede de drenagem. A residência foi interditada.

Como resultado, a enxurrada carregada de esgoto chegou ao Córrego do Baile, ampliando ainda mais a erosão.

A assessoria da confirmou que as chuvas desta sexta romperam as tubulações em uma área que já teve a situação de emergência reconhecida pela Defesa Civil de Mato Grosso do Sul.

A fim de conter os danos, eram executadas há cerca de 20 dias obras de drenagem e de construção de uma caixa de contenção. Contudo, o temporal desta sexta-feira destruiu o que já havia sido feito.

Uma força-tarefa será mobilizada pela neste sábado (5) para retomar os trabalhos.

A tempestade também causou estragos em outras áreas de Nova Andradina, arrancando pedaços do asfalto e danificando o teto do terminal rodoviário –que ficou inundado em alguns setores. Cabos de energia se romperam e interromperam o fornecimento de eletricidade. (Com informações do Jornal da Nova)

Temporal causa danos e amplia cratera que já ameaça engolir casas em cidade de MS
Mais notícias