Surto em presídio tem 102 infectados e faz casos de coronavírus dispararem em cidade de MS

Unidade penal de Coxim identificou mais de 90 infectados em 48 horas; cidade agora conta com 353 casos positivos de coronavírus

Testagem em massa nos detentos do Estabelecimento Penal de Coxim –a 260 km de Campo Grande– levou à descoberta de 102 casos de coronavírus, fazendo com que as estatísticas de novos casos da doença no município disparassem. Boletim da Secretaria Municipal de Saúde havia apontado 140 casos ativos na tarde de sexta-feira (21), a grande maioria de internos.

Dos novos casos na unidade, 95 foram confirmados ao longo de 48 horas por meio de testes rápidos, 33 deles anunciados na manhã de sexta-feira. No presídio há 268 detentos, 168 deles submetidos a exames e outros 100 à espera dos testes, que devem ser realizados nos próximos dias.

Em nota, a Secretaria de Saúde Pública coxinense confirmou a testagem em massa de detentos nesta semana –até a manhã de sexta-feira, eram cerca de 30 internos infectados. Até aqui, todos os infectados são casos assintomáticos ou de sintomas leves. “Estão sendo acompanhados por médicos e recebendo medicamentos para o tratamento”, disse o secretário municipal de Saúde, Franciel Oliveira, ao Edição MS.

O presídio também passou por desinfecção na manhã de sexta-feira, providenciada pela Vigilância Sanitária e o CCV (Centro de Controle de Vetores). A Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) segue regras de contenção nas unidades penais, como proibição de visitas e isolamento de novos internos.

A situação dentro da penitenciária contrasta com a identificada no restante da cidade: dos 64 novos casos identificados na sexta-feira, apenas 2 não eram de presidiários. Ao todo, o município contabiliza 353 casos positivos de Covid-19 desde 12 de abril (data em que foi confirmada a primeira infecção na cidade), com 208 recuperados, 5 óbitos e 140 casos ativos. Apenas um paciente está internado, sendo transferido para Campo Grande, e o restante segue em isolamento.

Outros 32 casos aguardam resultados do Lacen (Laboratório Central), em Campo Grande. A pede que pessoas que apresentarem sintomas de Covid-19 se dirijam, das 13h às 21h, ao Centro Referencial de Atenção Primária, ao lado do pronto-socorro do Hospital Regional, ou contate tele-enfermeiros pelo telefone (67) 99936-5251.

Surto em presídio tem 102 infectados e faz casos de coronavírus dispararem em cidade de MS
Mais notícias