Sombra e água fresca são principais pedidos de novas melhorias para a 14 de Julho

Painéis de sugestões estão disponíveis na 14 de Julho para ouvir a população

Painéis que visam recolher sugestão de melhorias na rua 14 de Julho, inaugurada pelo Reviva Campo Grande há três meses, mostram que a principal reclamação da população é a falta de bebedouros e pouca sombra na via. A ação, que acontece neste sábado (25), pretende usar os comentários para otimizar a rua que movimenta o comércio da região central.

Para participar o cidadão deve escrever a sugestão em um post it. Foto: Henrique Arakaki.

Outro apontamento feito pelos cidadãos que participaram da pesquisa é a possibilidade de interdição do fluxo de carros na rua, deixando o espaço totalmente livre para pedestres todos os dias. Mais árvores, lixeiras e banheiros também foram lembradas pelos campo-grandenses.

O auxiliar administrativo, Paulo Paulino, 19, parou para deixar um elogio sobre as mudanças na estrutura da 14 de Julho. Mesmo contente com as reformas, ele acredita que “a decoração da rua poderia melhorar e ter mais opções para comer, principalmente à noite”.

Já a farmacêutica bioquímica Alcione Cavalheiro, 60, acredita que a via ainda deixa a desejar em acessibilidade. “A aparência melhorou, mas as necessidades continuam, pecaram muito nisso. Têm pessoas com deficiência e idosos que precisam estacionar longe porque aqui na parte mais movimentada não tem vaga preferencial”, comenta.

Até o momento da entrevista, o único post it que solicitava estacionamentos preferenciais era o da farmacêutica, que considera isto como o resultado da invisibilidade. Alcione, que tem familiares com deficiência, aprova os painéis de sugestões, mas não acredita na efetividade da ação. “Acho a atitude esplendida, porém duvido que iremos ter um retorno”.

A pesquisa

Os painéis e outras atividades são de organização da Prefeitura de Campo Grande em parceria com o Sebrae-MS, que contratou uma empresa especializada em pesquisas de Place Branding. Ao todo são três etapas para análise das melhorias que a população espera para a rua 14 de Julho.

Nas rua foram colocados quatro painéis, separados por como os campo-grandenses percebem as reformas e o que eles ainda esperam de melhorias, que fazem os seguintes questionamentos: Por que você está aqui? O que é mais importante na 14 de Julho? Que atividades você gostaria que acontecessem nesta rua? Como seria a 14 de Julho ideal para você?

A ação também acontece na próxima semana. Foto: Henrique Arakaki.

Esta ação acontece desde a quinta-feira (23) e deverá continuar na próxima segunda (27) e terça-feira (28), no período da tarde. Mesas de conversas com diversos grupos sociais, como mulheres, idosos e pessoas com deficiência, também acontecem paralelamente. Caio Esteves, especialista em Place Branding, explica que serão selecionadas pessoas que possam representar a população.

 

Para as pessoas que não participarem dessas duas ações, Caio garante que a plataforma digital dará espaço para que eles expressem suas opiniões. “Ao final de tudo vamos ter uma plataforma digital para que todos consigam se expressar, dentro de 15 dias ela já deve ser disponibilizada”, afirma o especialista.

A plataforma está em construção e depois passará por fase de testes. Após a coleta das opiniões da população será elaborado um relatório com as observações, que deverá ser encaminhado para a Prefeitura.

Mais notícias