Sobrecarga em outros estados provoca migração de pacientes com coronavírus para MS

Pacientes do Pará e de Goiás estão internados em Paranaíba, onde 10 leitos de UTi foram recém-instalados pela SES

O secretário de estado de Saúde, Geraldo Resende, comunicou nesta terça-feira (12) que Mato Grosso do Sul começou a receber pacientes com Covid-19 de outros estados brasileiros, durante transmissão ao vivo do boletim epidemiológico do novo coronavírus.

“Pacientes de outros estados chegaram, sem qualquer tipo de comunicação, do Pará e Goiás. Estão sendo atendidos em Paranaíba, onde colocamos 10 leitos”, destacou Resende. Segundo o secretário, a migração de pacientes é ocasionada devido à divulgação nacional da situação – ainda favorável – dos leitos de UTI em Mato Grosso do Sul.

“Mostra acerto do Estado [de instalar UTI] no município onde não havia leitos”, destacou.

As UTI foram enviadas no último dia 28 e instaladas na Santa Casa de Paranaíba, a 406 quilômetros de Campo Grande. Com a nova estrutura, a cidade se tornou referência no atendimento de alta complexidade na microrregião, para tratar pacientes de coronavírus (Covid-19). As unidades de terapia intensiva foram estruturadas com apoio da SES, prefeitura do município e MPMS (Ministério Público Estadual), sendo totalizada em R$ 569,4 mil.

Após a publicação da matéria, a reportagem procurou a SES, que destacou que parte dos casos mencionados são suspeitos (sem diagnóstico, ainda) e que são de moradores de Paranaíba que estiveram no Pará.

“Os dois são do sexo masculino, um com 48 anos e outro com 24 anos. Vieram para ser atendidos em Paranaíba, no município de residência, por não terem tido atendimento adequado no Pará, visto a situação epidemiológica de lá. Vieram de táxi aéreo e estão recebendo a assistência devida em Paranaíba. Amostra foi encaminhada para o Lacen. Ainda não há resultado. Os dois estão internados na Santa Casa de Paranaíba”.

No último dia 10, no entanto, a prefeitura do município confirmou, nas redes sociais, que atendeu paciente de Itajaí (GO), confirmado para Covid-19, sem detalhar as circunstâncias. “Porém, o paciente é morador de Itajá (GO) e será contabilizado na cidade dele”, traz a postagem.

* Alterada às 11h20 para acréscimo de informações.

https://www.facebook.com/GovernodeMatoGrossodoSul/videos/548800569357250/?v=548800569357250&notif_id=1589121021830099&notif_t=live_video_explicit

Sobrecarga em outros estados provoca migração de pacientes com coronavírus para MS
Mais notícias