Show astronômico: chuvas de meteoros poderão ser vistas em agosto

Neste domingo (09), uma espécie de eclipse poderá ser acompanhada no final da madrugada

Recentemente os brasileiros foram agraciados com a passagem do cometa Neowise, que passa a cada 6.765 anos pela órbita terrestre, e pode ser visto de várias regiões do país. Em agosto o espetáculo de astronômico continua, pois o planeta Terra irá atravessar a órbita de uma corrente de meteoróides e terá várias chuvas de s.

Assim, vários s entrarão juntos na atmosfera terrestre, em trajetórias paralelas. A chuva de s recebe o nome da constelação em que fica o ponto radiante do acontecimento.Show astronômico: chuvas de meteoros poderão ser vistas em agosto Em julho, três chuvas tiveram o ponto alto. Entretanto, continuarão visíveis pelos próximos dias.

Para começar bem o cronograma de acontecimentos astronômicos, neste domingo (09), no Dia dos Pais, será possível ver uma espécie de eclipse. O fenômeno é a ocultação de Marte, causada pela passagem da Lua entre a Terra e o planeta. Então, para tentar ver este tipo de eclipse, basta acordar bem cedo neste domingo (09).

A chuva de s Piscis Austrinídeos, que fica dentro da constelação Peixe Austral, estará visível até a madrugada do dia 10. Para observar melhor os s basta olhar para o céu por volta das 22h, do horário de Mato Grosso do Sul.

Já a Alfa-Capricornídeas, chuva dentro de Capricórnio, continuam ativas até 15 de agosto. Essa chuva começou a partir de um cometa. Então, também originada de um cometa, a Delta-Aquarídeas, na constelação de Aquário, ficará visível até 23 deste mês.

Por fim, a Perseidas, da constelação de Perseu, dão o show astronômico até  24 de agosto. Esta chuva terá o ponto alto na próxima semana, então a visão será mais clara do acontecimento. Porém, devido ao horário que acontece, a chuva de Perseidas não estará visível a olho nu aqui no Brasil. A chuva de s será intensa em 12 de agosto, das 9h até as 12h.

 

Show astronômico: chuvas de meteoros poderão ser vistas em agosto
Mais notícias