SES apela para que pessoas não viagem no feriadão, principalmente para região de Dourados

Secretária adjunta reforçou pedido para aumentar a taxa de isolamento em MS nos próximos dias

Com crescimento exponencial da Covid-19 em MS, a SES (Secretaria de Estado de Saúde) voltou a fazer apelo para que sul-mato-grossenses fiquem em casa nos próximos dias, quando haverá o feriadão de Corpus Christi. A pasta teme que o número de infecções possa aumentar devido ao desobedecimento das recomendações de isolamento social, sobretudo nos 33 municípios da macrorregião de Dourados, onde os números da Covid-19 são mais volumosos.

Durante a live desta quarta-feira (10), a secretária adjunta da SES, Crhistine Maymone, reforçou o pedido para todo o Estado, mas destacou o risco iminente para quem partir ou se dirigir às cidades com maior número de casos, na região de Dourados.

“É um momento de alerta. Reitero o apelo: fiquem em casa. Principalmente quem reside nas cidades da macrorregião de Dourados. São cidades muito próximas, onde a doença ainda não está controlada. Não é o momento de visitar os parentes e sair das suas casas. É muito sério, não adianta a gente colocar o máximo de numero de leitos de UTI se a população não entender que tem protagonismo nisso. Se isso não ocorrer teremos numero cada vez maior de mortes”, pontuou.

Maymone destacou o baixo índice de isolamento social em MS, que chegou a 34,89% na terça-feira (10), colocando o município na 25ª posição entre as 27 unidades de federação.

“A população precisa entender que o protagonismo é dela. Precisam usar as máscaras, parar com festas e aglomerações, com reuniões de família. Não é o momento para isso. Até mesmo na região sudoeste, onde o surto foi controlado, ainda temos o vírus ativo”, reforçou.

SES apela para que pessoas não viagem no feriadão, principalmente para região de Dourados
Taxa de isolamento ficou abaixo de 35% em MS | Foto: Reprodução | SES

O boletim epidemiológico do coronavírus em Mato Grosso do Sul desta quarta-feira (10) foi incrementado com 142 novas confirmações da doença, levando o total de casos a 2.597 no Estado. Nesta data, o boletim também trouxe a confirmação de mais dois óbitos, totalizando 24 mortes por Covid-19.

Os 142 novos registros voltam a confirmar a curva exponencial de crescimento da doença em MS, com incremento de 5,8% em relação aos total de ontem (9). Na prática, é como se MS confirmasse cerca de 6 casos de coronavírus a cada hora, um caso a cada dez minutos.

Dourados continua na liderança de número de pacientes com Covid-19 e também no número de novas confirmações, com 82 positivos apenas no boletim desta quarta-feira, totalizando 758 pacientes.

SES apela para que pessoas não viagem no feriadão, principalmente para região de Dourados
Mais notícias