Campo Grande acompanha Governo e mantém aulas suspensas nas escolas municipais até 30 de junho

Retorno das aulas, ainda de forma remota, será no dia 25 de maio

A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, confirmou ao Jornal Midiamax, na manhã desta sexta-feira (15), que as aulas na Reme (Rede Municipal de Educação) também seguirão presencialmente suspensas até o dia 30 de junho, assim como na rede estadual.

A prorrogação da suspensão deverá ser publicada no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), assim como o DOE (Diário Oficial do Estado) trouxe nesta sexta a suspensão das aulas presenciais de 19 de maio – quando a rede estadual retorna online das férias antecipadas – até 30 de junho deste ano.

As aulas presenciais foram suspensas como medida de contenção ao avanço no novo coronavírus, causador da Covid-19, e abrangeram tanto a rede pública como a particular em MS. As escolas recorreram à tecnologia para manter o calendário, com aulas à distância.

A rede pública, tanto municipal como estadual, antecipou as férias previstas para ocorrerem entre 17 e 31 de julho, para os dias 7 e 21 de maio. O retorno, portanto, está previsto – ainda de forma remota – para o dia 25 de maio.

As escolas particulares de Campo Grande não são afetadas especificamente por este decreto – a adesão à antecipação das férias não foi adotadas por todas as intituições. O Sinepe-MS (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de MS) desenvolve, junto à Prefeitura, um plano de biossegurança que deverá ter as regras para que as aulas presenciais na rede particular possam ser retomadas. O documento com as normas deve ser apresentado até o fim deste mês.

Campo Grande acompanha Governo e mantém aulas suspensas nas escolas municipais até 30 de junho
Mais notícias