Sem luz, moradores ‘colecionam’ prejuízos em bairros de Campo Grande

Em algumas regiões, consumidores chegaram a ficar mais de 24 horas sem energia

Com a chegada da temporada de chuvas, moradores nos bairros de Campo Grande dizem que a já é algo esperado. Sempre que chove, há uma queda no fornecimento ou pelos menos oscilações. Por isso, moradores colecionam relatos de problemas causados pela falha no fornecimento e até mesmo de prejuízos por conta da falta de luz. 

Dona de uma conveniência no bairro Jardim Aimoré, Rosiane Vilalba, de 30 anos, conta que enfrentou picos de energia durante a chuva na tarde de quinta-feira (15). A situação é tão frequente, que ela já enxerga como cotidiana. 

“É comum ter queda nesta região. Eu tenho freezers na conveniência, já perdi um por causa da queda de energia, acabou queimando o motor. Agora tenho outro freezer que vou ter que chamar a assistência técnica, também foi um problema por causa dos picos de energia”, relata. 

A vendedora Lidiane Freitas, de 32 anos, conta que ficou duas horas sem energia na loja onde trabalha, na região do Parati. “É normal a queda de energia na região, mas ontem ficamos sem luz por um tempo maior. Atrapalha o nosso serviço, ficamos sem sistema para vendas”, conta. 

Sem luz, moradores 'colecionam' prejuízos em bairros de Campo Grande
Evandro teve que fechar a gráfica por causa da queda de energia. (Foto: Henrique Arakaki)

Dono de uma gráfica no Jardim Moema, Evandro de Moraes, de 32 anos, conta que teve que fechar as portas do comércio por conta das oscilações de energia na tarde de quinta. “Achei melhor desligar tudo e fechar. Se queimasse o meu equipamento mais barato, seria um prejuízo de R$ 1.500, se queimasse o mais caro seria de R$ 700. Aí fechei mesmo, não ia adiantar ficar aberto”, diz. 

A moradora Maria Rudas, de 45 anos, também enfrentou problemas causados pela queda de energia. Com a geladeira desligada, ela explica que acaba perdendo comidas que comprou para o mês. “Na quarta-feira caiu a energia e ficamos até quinta a tarde sem energia. É complicado, tem coisas na geladeira que acabam estragando. Meu filho tem aula, tive que levá-lo pra casa da tia, porque aqui em casa não tinha como acompanhar, estava sem energia”, reclama.

Sem luz, moradores 'colecionam' prejuízos em bairros de Campo Grande
Maria diz que perdeu alimentos na geladeira. (Foto: Henrique Arakaki)

Apesar dos altos custos para manutenção da rede elétrica e distribuição de energia, a  tem sistematicamente deixado Campo Grande no escuro com qualquer chuva. Nesta quinta-feira (15), por exemplo, a rede sucumbiu deixando nada menos que 28 bairros com problemas no fornecimento de energia.

O Jornal Midiamax entrou em contato com a concessionária para saber quais bairros continuam sem energia nesta sexta-feira (16) e afirmou ter solucionado a maioria dos problemas e que agora, soluciona alguns problemas pontuais. A previsão é que tudo seja normalizado ainda hoje.

“A esclarece que não tem mais bairros sem energia. As ocorrências a serem atendidas pela concessionária são ordens localizadas. A distribuidora reforça que os trabalhos seguem de forma ininterrupta e que aumentou em quatro vezes o número de equipes em campo para restabelecer o fornecimento das localidades mais atingidas pelo temporal grave e atípico na Capital nos últimos dias”, disse.

*Colaborou: Mariane Chianezi

Sem luz, moradores 'colecionam' prejuízos em bairros de Campo Grande
Mais notícias