Sem festa, cidade de MS comemora 163 anos de fundação neste sábado

Pandemia de coronavírus esvaziaram celebrações do aniversário de Paranaíba, que teve Alvorada festiva e terá celebrações religiosas online

Paranaíba –a 411 km de Campo Grande– celebra neste sábado 163 anos de emancipação político administrativa. A cidade no nordeste do Estado agendou apenas 3 eventos para comemorar a data, todos sem ampla participação popular, em virtude da pandemia do novo coronavírus ().

“É verdade que nossa cidade merecia uma linda festa, mas, o momento nos exige cautela. Vamos comemorar enviando fé, força e esperança de dias melhores. Celebre os 163 anos de Paranaíba”, destacou postagem alusiva à data nas redes sociais, na qual a administração de Paranaíba relata a realização da Alvorada festiva, às 5h, e de dois atos religiosos –uma missa, às 18h, e um culto evangélico, às 19h30, ambos com transmissão ao vivo.

Até as 17h de sexta-feira (3), Paranaíba havia registrado 134 casos positivos de coronavírus, dos quais 121 já estão recuperados. Três pacientes seguem internados e 8 estão em isolamento domiciliar. A matou 2 pessoas em Paranaíba.

Hoje com cerca de 42 mil habitantes e na divisa com , Paranaíba começou a ser ocupada no século XVIII, após a chegada de bandeirantes paulistas. Contudo, apenas em 1830 o povoamento avançou, graças à chegada de famílias mineiras lideradas por José Garcia Leal, sendo impulsionada pela estrada do Piquiri, garantindo ligação com Uberaba (MG) e Araraquara (SP).

O distrito foi oficialmente instalado em 19 de abril de 1835, com promoção à Vila de Sant’Anna do Paranaíba em 4 de julho de 1857. Em 13 de julho de 1894 a comunidade foi promovida à cidade. A atual organização territorial data de 2003 e, além da sede do município, Paranaíba é composto pelos distritos de Alto Santana, Raimundo, São João do Aporé, Tamandaré e Velhacaria.

Sem festa, cidade de MS comemora 163 anos de fundação neste sábado
Mais notícias