Bombeiros encerram buscas sem achar criança e retomam trabalho no domingo

Criança está há mais de 24 horas desaparecida após chuva forte.

Após 11 horas de buscas no córrego do Jardim Ouro Preto, que desagua no Rio Anhanduí, em Campo Grande, o encerrou, neste sábado (5), o segundo dia de procura da criança de oito anos desaparecida na região.

Conforme o tenente-coronel Fernando Carminati, sem sucesso em resgate, os trabalhos devem retomar no primeiro horário de domingo (6), ao amanhecer com a luz solar. “Não há como precisar o local exato em que as buscas vão começar, pois a equipe irá traçar novas estratégias para as buscas e tentar encontrar a criança o mais rápido possível”, disse.

As equipes realizam as buscas com caiaques no córrego desde às 6h da manhã de hoje. Desesperados com a espera, a própria família realizava a procura às margens do local, com auxílio de cordas.

O desaparecimento já completa 24 horas. De acordo com a equipe, a procura está sendo feita com dificuldades, já que a chuva não cessou durante a manhã e o nível da água continua alto, além de deixar a água turva.

A criança desapareceu na tarde de ontem, enquanto visitava a casa, na região do Parque Lageado. Junto com o familiar e os irmãos, de 12,13 e 15 anos, desceram no córrego para pescar, quando o nível da água subiu rapidamente, fenômeno conhecido como ‘cabeça d’água’.

Os meninos de 12 e 13 anos conseguiram sair do córrego, mas o adolescente e o menino pediram socorro. O tio chegou a pular na água para ajudar, e foi levado pela correnteza. Por alguns minutos ele e o sobrinho de 15 anos chegaram a ficar desaparecidos, mas encontrados.

Bombeiros encerram buscas sem achar criança e retomam trabalho no domingo
Mais notícias