Sem churrasco e reuniões: pandemia impõe Dia dos Pais ‘diferente’ em MS

Com número de infectados crescendo, Prefeitura Municipal e Governo do Estado desaconselham reuniões de família

Por conta de todas as restrições e recomendações relativas à pandemia da , o novo coronavírus, o terá que ser celebrado de uma maneira diferente neste ano. Os churrascos tradicionais da data e a reunião familiar dão espaço para encontros virtuais, seja por meio de troca de mensagens ou chamadas de vídeo.

As reuniões de família, neste momento, não é uma boa ideia, segundo os órgãos de Saúde de Mato Grosso do Sul. Isso porque, com mais de 30 mil casos confirmados e quase 500 mortes pelo coronavírus.

Os banquetes e churrascos não são proibidos, desde que cada um permaneça na sua casa. Em maio, mês das mães, uma idosa de 70 anos em Brasilândia, a 297 km de Campo Grande, recebeu uma visita de parentes em casa e depois do episódio, os integrantes da reunião começaram a aparecer com a . Inclusive, a cidade teve o seu primeiro caso positivo após a ‘visitinha’ na casa da moradora.

Com o vírus circulando pelas cidades de MS, as reuniões não são aconselháveis neste . Além disso, quando o número de infectados cresce, a capacidade dos leitos dos hospitais diminui.

Em Campo Grande, as aglomerações, festas e reuniões têm sido um problema para a fiscalização e faz com que o vírus tenha mais força para circular na cidade. Nas redes sociais, o prefeito (PSD) orientou que nesta data as pessoas permaneçam em casa para se resguardarem e resguardarem os próprios pais.

“A esperança será o sentimento mais presente no coração do pais hoje. Todos nós compartilhamos o desejo de ter saúde até para superar esses dias difíceis para seguir em frente e com nossos projetos e sonhos. Que seja um domingo de paz, de amor nos lares, e com a especial proteção de Deus para os pais que se dedicam a cuidar dos seus filhos”, deixou Marquinhos como mensagem aos moradores.

Pelo estado, o governador Reinaldo Azambuja também deixou um recado. “Por conta da tragédia dessa pandemia, sei que esta data está sendo muito difícil para os pais que perderam os seus filhos ou para os filhos que perderam seus pais! E de muita saudade também, inclusive para tantos de nós que teremos que passar este dia tão especial afastados dos filhos”, disse em trecho de postagem.

Sem churrasco e reuniões: pandemia impõe Dia dos Pais ‘diferente’ em MS
Mais notícias