Confira a lista: SED divulga escolas que serão em tempo integral em 2020

São 42 escolas em tempo integral, no estado de MS, que ofertarão o ensino médio

A SED (Secretaria Estadual de Educação), divulgou nesta quinta-feira (2) a relação de escolas de educação em tempo integral, denominadas como escola da Autoria, na etapa do ensino médio, e também a nova matriz curricular e o projeto político-pedagógico para o ano de 2020.

O aumento será de 51%. Com isso, a oferta do EMTI estará presente em 22 municípios do Estado. Na Capital, que já possuía o maior quantitativo, o total de escolas será ainda maior, com 16 unidades escolares em todas as regiões da cidade. A relação das escolas que a partir deste ano funcionarão pelo Programa Escola de Autoria foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (2). Na lista não constam as escolas estaduais Yvy Poty, de Caarapó, e a Alberto Elpídio Ferreira Dias, prof. Tito, de Campo Grande, por estarem também  na lista de escola indígena e unidade cívico-militar e para não haver duplicidade.

Matriz curricular

A matriz curricular será composta por aulas divididas em linguagens e suas tecnologias; ciências da natureza e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias, ciências humanas e sociais aplicadas; parte diversificada.

Cada aula terá duração de 50 minutos e ao todo serão 200 dias letivo. A matriz é composta por: língua portuguesa, arte, educação física, língua inglesa, língua estrangeira – espanhol, biologia, química, física, matemática, história, geografia, filosofia, sociologia, projeto de vida, pós-médio, efetivas I II e III, pesquisa e autoria I e II.

Vale lembrar que as aulas da rede estadual de ensino iniciarão no dia 17 de fevereiro e terminarão no dia 14 de dezembro para aqueles que passarem direto. Aos que precisarem fazer exames, permanecerão por mais três dias – encerrando o ano letivo em 18 de dezembro.

Mais detalhes sobre as escolas que atuarão em tempo integral no ensino médio pode ser conferida no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (2), a partir da página 9.

Ensino em Tempo Integral para todos

Com mais de 7.5 mil estudantes atendidos pelo EMTI no ano de 2019, a proposta se consolidou e buscará ampliar ainda mais o total de estudantes para 2020.

O Ensino Fundamental em Tempo Integral (EFTI) também teve um importante destaque no crescimento da modalidade. Executado em escolas que contam com o ensino regular e também em unidades que fazem parte do Ensino Médio em Tempo Integral, o EFTI contou com turmas em 29 escolas neste ano de 2019, com mais de 4.6 mil estudantes matriculados.

De olho na expansão da oferta para toda a Rede Estadual, para 2020, a meta é levar turmas de Ensino Fundamental em Tempo Integral para outras seis escolas da REE.

Confira a lista: SED divulga escolas que serão em tempo integral em 2020
Mais notícias