Coronavírus avança em MS e Reinaldo pode decretar uso de máscaras nas ruas

Decreto foi elaborado pela Saúde e pode ser efetivado nesta terça-feira

A Secretaria Estadual de Saúde encaminhou nesta segunda-feira (6) um modelo de decreto obrigando todos que saem de casa em Mato Grosso do Sul para usarem máscaras de pano nas ruas. A decisão pela obrigatoriedade cabe ao governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e pode ser publicada na terça-feira (7).

Segundo o secretário Geraldo Resende explicou durante transmissão ao vivo do boletim epidemiológico do novo coronavírus, o modelo foi encaminhado nesta segunda e cabe ao governador decretar ou não.

No último dia 3 de abril, o presidente Donald Trump recomendou o uso das máscaras em público.

Nesta semana, o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta recomendou o uso no Brasil. “Nós estamos falando de perdigoto, de gotícula. Quando você põe uma barreira, você já não elimina a gotícula”, falou o ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta no meio da semana.

Foi uma mudança na orientação, mas com uma ressalva: as máscaras cirúrgicas e N95, que estão em falta e o Brasil tem dificuldade de importar, devem ser destinadas apenas ao uso para o pessoal da Saúde. Em boa parte do mundo, um movimento popular já antecipava a tendência. Para muitos, a inspiração veio de um vídeo feito na República Tcheca que dizia que o uso de máscaras estava ajudando a frear o contágio no país.

 

Coronavírus avança em MS e Reinaldo pode decretar uso de máscaras nas ruas
Mais notícias