Secretaria de Saúde estabelece criação de Núcleo de Vigilância Epidemiológica nos hospitais do Estado

Decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado, nesta quarta-feira (5)

De acordo com resolução publicada no Diário Oficial do Estado na manhã desta quarta-feira (5), a Secretaria de Saúde do Estado (SES), decidiu tornar compulsória a implantação de Núcleo de Vigilância Epidemiológica nos hospitais públicos e privados situados no Estado de que tenham em sua estrutura leito(s) de Unidade de Terapia Intensiva ().

Entre as atribuições dos novos núcleos estão a busca ativa dos pacientes internados ou atendidos em unidades de urgência e emergência e
ambulatoriais para detecção de doenças, agravos e eventos de saúde pública de notificação compulsória; a notificação dos casos de doenças, agravos e eventos de saúde pública de notificação compulsória detectados no ambiente hospitalar; a investigação epidemiológica das doenças, eventos e agravos suspeitos ou confirmados

Também estarão entre as atribuições dos núcleos a implementação de um sistema de busca ativa para detecção, notificação e colaboração na investigação
dos óbitos maternos declarados, de mulher em idade fértil, infantil e fetal,  bem como detectar e investigar óbitos mal definidos e alimentar periodicamente os sistemas oficiais de notificações;

Ainda de acordo com o Diário Oficial do Estado, os Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalares ficam tecnicamente vinculados, a partir da data de
sua criação, à Gerência Técnica Estadual dos Núcleos de Vigilância Epidemiológica Hospitalar. A resolução assinada pelo secretário de Saúde, Geraldo Resebde () entra em vigor hoje, na data da sua publicação.

 

Secretaria de Saúde estabelece criação de Núcleo de Vigilância Epidemiológica nos hospitais do Estado
Mais notícias