Reunião vai avaliar quantidade de leitos ainda disponíveis em hospitais de Campo Grande

Reunião será realizada na tarde desta sexta-feira

Uma reunião deve ser realizada ainda nesta sexta-feira (14) para tratar sobre os leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para pacientes de coronavírus em Campo Grande. A reunião será realizada na Procuradoria-Geral do (Ministério Público de ) e deve contar com a participação de representantes dos hospitais da Capital. 

Segundo informações divulgadas, a reunião ocorre às 14 horas desta sexta-feira (14) e conta com a participação da promotora de Justiça da Saúde Filomena Aparecida Depolito Fluminhan e a Coordenadora do GAEDS (Grupo de Atuação Especial de Defesa da Saúde).

Somente na quinta-feira (13) foram registrados 1.050 novos casos de coronavírus em , 660 somente na Capital. Com o aumento de casos, a situação dos leitos preocupa e a macrorregião de Campo Grande tem 79% dos leitos ocupados. 

Referência no tratamento de Covid-19, (Hospital Regional de ) tem 90,7% dos leitos ocupados. Há 160 pacientes internados com coronavírus no Regional, sendo que 79 estão na enfermaria e 80 ocupam leitos de UTI.

Além disso, uma reportagem do Jornal Midiamax publicada nesta sexta (14) mostrou que os principais hospitais particulares da cidade apresentam um índice elevado de internações. Hospitais têm mais de 80% dos leitos ocupados.

No início da semana, o titular da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), José Mauro Filho informou que mais 30 leitos devem ser ativados em Campo Grande. Além disso, mais 10 leitos devem ser doados por uma empresa ao (Hospital Regional de ). Assim, serão 345 leitos de UTI em Campo Grande.

Reunião vai avaliar quantidade de leitos ainda disponíveis em hospitais de Campo Grande
Mais notícias