Recomendação é ‘voltar para casa’, diz Sesau sobre falta de vacinas da gripe para idosos

Procura por imunização ocasionou aglomeração de idosos no segundo dia de imunização

A (Secretaria Municipal de Saúde) anunciou que a recomendação a idosos que se deslocaram aos postos de vacinação nesta quarta-feira (25), e que se depararam com a falta de doses, é para voltar para casa.

“Estamos orientando as unidades e estabelecimentos a informarem os idosos sobre a falta de vacinas e pedirem para retornarem em outro horário ou dia, caso haja previsão de entrega. Mas, isso será feito individualmente”, alertou a pasta.

No segundo dia de vacinação em Campo Grande, que contempla idosos e profissionais da saúde, quem saiu de casa em busca da imunização se deparou com filas, aglomeração e a falta das vacinas.

A situação também gerou aglomeração de idosos, o grupo mais vulnerável ao Covid-19, causada pelo novo coronavírus. Segundo apurado pela reportagem, pelo menos 7 postos, dos 10, estão sem vacinas – que também estão sendo aplicadas em farmácias parceiras da rede particular.

Segundo a assessoria da (Secretaria Municipal de Saúde) existe a falta de vacinas, que devem ser repostas até o fim da manhã desta quarta (25). O número de postos com a falta das doses não foi divulgado. A orienta que os idosos retornem para suas casas, e voltem em outro horário para fazer a vacinação ou procurem ligar em uma unidade próxima antes de sair de casa.

De acordo com a estão faltando vacinas nos postos do Albino Coimbra, no Santa Carmélia, Silvia Regina, na UBS Buriti,no São Conrado, Vila Nasser, Ana Maria do Couto, e Clínica da Família do Nova Lima.

A vacinação está sendo feita em 10 postos de saúde e 45 farmácias na Capital. No primeiro dia de vacinação alguns locais tiveram aglomerações de idosos.

Recomendação é 'voltar para casa', diz Sesau sobre falta de vacinas da gripe para idosos
Mais notícias