Presidente da Terceira Igreja Batista, pastor Mauro morre em Campo Grande

Líder religioso não resistiu a complicações causadas pelo coronavírus.

Pastor presidente da Terceira Igreja Batista de Campo Grande, Mauro Clementino da Silva morreu nesta quarta-feira (23), aos 61 anos. Mauro teve complicações de saúde após ser infectado pelo coronavírus.

De acordo com comunicado da igreja nas redes sociais, o pastor morreu na madrugada de hoje. Ele estava internado no Hospital da Unimed, na Capital, e não resistiu as complicações causadas pelo covid-19.

Ainda segundo a igreja, cortejo será feito por volta das 15h30 desta quarta em homenagem ao líder religioso. Conforme os fieis, a concentração ocorrerá na Avenida Filinto Muller, próximo ao CCZ (Centro de Controle de Zoonozes). Para evitar aglomerações, já que o sepultamento será reservado para a família, a igreja pede que os fieis não desçam dos carros no momento do cortejo.

Luto

Mauro foi o segundo pastor presidente de igreja de Campo Grande que não resistiu ao coronavírus. Há pouco mais de um mês, o apóstolo Edilson Vicente da Silva, também de 61 anos, presidente da igreja El Shadai, também faleceu na Capital.

A igreja promoveu uma série de campanhas de oração em prol da recuperação do presidente, incluindo correntes de oração em frente ao hospital onde Edilson permaneceu internado. 

Edilson apresentou os primeiros sintomas da doença no dia 17 de julho, há mais de um mês. O vereados  também foi contaminado pelo vírus, mas se recuperou após dias de isolamento.

Presidente da Terceira Igreja Batista, pastor Mauro morre em Campo Grande
Mais notícias