Campo Grande pode ter toque de recolher encerrado em outubro, estuda prefeitura

Em vigor desde março, decreto pode não ser renovado na próxima semana

Em vigor desde março, o toque de recolher em Campo Grande pode acabar em outubro. Ao Jornal Midiamax, o secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, admitiu que existe a possibilidade de não renovar o decreto.

“Pode terminar. Depende do que for decidido em reunião com a Guarda [Civil Metropolitana], com a [Secretaria Municipal de] Saúde. Esses números impactam no número de leitos, não só pela , mas por politraumatizados”, explicou.

Essa reunião está marcada para segunda-feira (28). Na semana passada, a prefeitura emitiu novo decreto prorrogando o toque de recolher até a próxima quarta-feira (30).

Atualmente, fica proibida a circulação de pessoas e sua permanência em estabelecimentos comerciais entre 0h e 5h. Quando começou, em 21 de março, a medida ia das 22h às 5h, mas chegou a ser antecipada para 20h, voltou para 22h, foi iniciada às 23h e hoje começa à meia-noite.

Cabe à Guarda fiscalizar o cumprimento da restrição, mas diariamente as equipes flagram cerca de 150 pessoas nas ruas após o horário permitido. A medida não impacta serviços essenciais, como os relacionados à saúde.

Campo Grande pode ter toque de recolher encerrado em outubro, estuda prefeitura
Mais notícias