Prefeitura discute reabertura de academias de ginástica com regras contra o coronavírus

Prefeito Marquinhos Trad revelou negociação entre profissionais de Educação Física e a Semadur para viabilizar reabertura de estabelecimentos entre quinta-feira e a próxima semana

A Prefeitura de Campo Grande discute na tarde desta quarta-feira (8) detalhes com representantes das academias de ginástica para permitir a reabertura dos estabelecimentos, mediante regras que permitam o distanciamento social e não realização de aglomerações, dentre outras ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19). O anúncio partiu do prefeito Marquinhos Trad (PSD), durante live em redes sociais encerrada há pouco.

Conforme o prefeito, representantes das academias estão reunidos com o secretário Luiz Eduardo Costa (Meio Ambiente e Gestão Urbana) para analisar pontos do projeto de contenção apresentado aos profissionais de Educação Física. “Caso tudo seja aceito, nas condições impostas pela prefeitura, acredito que amanhã [quinta-feira] ou no início da semana, as academias de ginástica poderão funcionar, desde que obedeçam fielmente o regramento administrativo”, destacou.

Representantes das academias procuraram a CDL-CG (Câmara dos Dirigentes Lojistas da Capital) em busca de apoio para viabilizar sua reabertura, segundo o presidente da entidade, Adelaido Vila. Em geral, outros setores da economia têm recebido aval para reabrirem as portas mediante restrições de público –de 30% da capacidade, nos casos de restaurantes, lojas e salões de beleza– e de distância entre funcionários e pessoas, de 1,5 metro a 2 metros, além de serem obrigados a fornecer álcool em gel e regularem a circulação.

Prefeitura discute reabertura de academias de ginástica com regras contra o coronavírus
Mais notícias