Para cirurgias e castração grátis de pets, Sidrolândia inaugura castramóvel

Castramóvel iniciou atendimento gratuito na quarta(21)

Nesta quarta-feira (21), a prefeitura municipal de Sidrolândia, localizada a 71,4 km da Capital, inaugurou a primeira unidade móvel exclusiva para atenção à saúde animal, conhecido como castramóvel. Os atendimentos começaram no mesmo dia, oferecendo  cirurgias de castração de cães e gatos gratuitamente.

O atendimento será feito por áreas do município, na primeira etapa, é realizado a classificação dos animais. Os agentes de saúde selecionam as famílias que participam de algum auxílio do Governo, ou que tenha até uma renda especifica, vão até a residência dessas pessoas, identificam o responsável pelo animal e entregam o documento de pré-agendamento, com data, hora e local onde a unidade móvel estará.

Após o agendamento da consulta pelo agente de saúde, o responsável irá levar o pet para passar pela primeira fase da avaliação, para ver se o animal está apto ou não para ser castrado. No local também é realizado a vacinação antirrábica, preconizado pela resolução do Conselho de Veterinária, os animais têm que ter um período de vacinação que antecede a castração, após isso o animal é classificado e entra na lista de castração.

Segunda etapa

A segunda fase do projeto consiste no procedimento de castração, e por último é o retorno pós cirúrgico. Além da castração, o projeto prevê ainda campanhas educativas para a conscientização sobre a guarda responsável e o bem-estar animal.

De acordo com a veterinária Kênia Aniz Chiarello, responsável pelo o atendimento no Castramóvel, o projeto é importante não só para os animais, mas para população do município também.

“O projeto de castração não é só um bem estar para o animal, porque nós sabemos que ele pode desenvolver doenças por ainda ter um ovário no caso da fêmea, ou testículo no caso do macho, e até da procriação que acontece bastante e acaba desenvolvendo animais errantes (animais livres e sem dono, que habitam o meio urbano), o problema maior é o zoonose, porque esses animais sem cuidados, ele acaba servindo de transmissor para outras doenças, ou ele mesmo pode sofrer com alguma doença, e não vai ter o cuidado necessário, então vamos abranger não só os animais, mas como a população também”, explicou Kênia.

Para cirurgias e castração grátis de pets, Sidrolândia inaugura castramóvel
Mais notícias